sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

EVANGELHO DO DIA/ Fonte Paulinas

Ano B - Dia: 05/12/2008



Jesus cura dois cegos

Mt 9,27-31

Jesus saiu daquele lugar, e no caminho dois cegos começaram a segui-lo, gritando:
- Filho de Davi, tenha pena de nós!
Assim que Jesus entrou em casa, os cegos chegaram perto dele. Então ele perguntou:
- Vocês crêem que eu posso curar vocês?
- Sim, senhor! Nós cremos! - responderam eles.
Jesus tocou nos olhos deles e disse:
- Então que seja feito como vocês crêem!
E os olhos deles ficaram curados. Aí Jesus ordenou com severidade:
- Não contem isso a ninguém!
Porém eles foram embora e espalharam as notícias a respeito de Jesus por toda aquela região.

Comentário do Evangelho

Filho de Davi

Mateus cria aqui, com algumas adaptações, uma duplicata de sua narrativa em 20,29-34, na qual dois cegos são curados em Jericó. Em Marcos e Lucas, nesta mesma narrativa, trata-se de apenas um cego (cf. 29 maio). Com a duplicata, Mateus completa um bloco de dez milagres, narrados em vista de fortalecer a fé, preparando o discurso apostólico, apresentado em seguida. Os cegos seguem Jesus e pedem-lhe compaixão. Dirigem-se a Jesus como "filho de Davi". A tradição da volta de um descendente de Davi, messias, para restaurar a glória de Israel tem um caráter ideológico e foi elaborada pelas elites do judaísmo que surgiu a partir do Exílio. Vemos agora, dois pobres cegos impregnados por esta ideologia do poder. Aí está a sua verdadeira cegueira. Jesus provoca nos cegos sua confissão de fé, tendo resposta afirmativa. Tocando-lhes nos olhos, atende-lhes o pedido feito com fé, e seus olhos se abrem. Abrir os olhos aos cegos é um dos sinais da chegada da salvação e da libertação, anunciados pelos profetas (cf. 10 jan). A advertência para manter segredo ("segredo messiânico"), parece ser uma criação do evangelista, tendo suscitado várias interpretações.

Oração
Pai, cura-me da cegueira que me impede de reconhecer a presença de tua salvação na minha vida, realizada pela ação misericordiosa de teu Filho Jesus.

Leitura
Is 29,17-24

Salmo
Salmo 27(26)
Sobre o rochedo o Senhor me eleva.

Nenhum comentário: