segunda-feira, 16 de novembro de 2009

3º Dia da Novena de Natal 2009




“Batismo, fonte de toda missão”



1 - Ambiente: Capelinha Missionária, Bíblia, cruz, vela acesa, flores, sandália, símbolos de Natal, símbolos que lembrem Batismo.


2 - Acolhida

Animador(a): Sejam bem vindos(as) ao terceiro dia da novena.

Por um momento vamos relembrar as pessoas que participaram

diretamente do nosso Batismo.








3 – Oração inicial

Refrão meditativo

Oh Luz do Senhor

que vem sobre a terra

Inunda meu ser, permanece em nós



Acendimento da vela

Acender a vela e rezar

Leitor(a) 1: Bendito seja o Deus de nossos pais, / porque iluminas as nossas vidas / com a luz de Jesus Cristo, / manifestação da justiça divina / a quem esperamos / com todo o carinho. Amém.


Canto Inicial

- Vem, ó Deus da Vida, vem nos ajudar! (bis)

Vem, não demores mais, vem nos libertar! (bis)


- Já chegou o tempo, o Senhor vem vindo! (bis)

Venha pelo deserto, um caminho abrindo! (bis)


- Espere no Senhor nosso salvador! (bis)

Pois cumpre suas promessas, é libertador! (bis)


- O Senhor nos chama para a conversão! (bis)

A ele preparemos nosso coração! (bis)


- Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo Espírito! (bis)

Glória à Trindade Santa, glória ao Deus bendito! (bis)


- De pé vigilantes lâmpadas nas mãos! (bis)

Ele está bem perto, nossa Salvação! (bis)


Leitor(a) 2: O anjo do Senhor anunciou a Maria

Todos: E ela concebeu do Espírito Santo. Ave Maria...


Leitor(a) 3: Eis aqui, a serva do Senhor.

Todos: Faça-se em mim segundo a vossa vontade. Ave Maria...


Leitor(a) 4: E o Verbo se fez carne.

Todos: E habitou entre nós. Ave Maria...


Leitor(a) 5: Ó Deus de bondade, olha o teu povo reunido nesta novena de Natal. Dá-nos a graça de acolher com muita alegria nosso Senhor Jesus Cristo que vem e anunciarmos com nossa vida o

mistério de sua encarnação em nossa humanidade. Por Cristo nosso Senhor. Amém.


Cantemos (ou rezemos): Vem, ó Filho de

Maria/ Já se acende a Estrela

Guia /Quanta sede, quanta espera,/Quando chega, quando chega aquele dia?


4 - Olhando a realidade

Leitor(a) 1: O nascimento de Jesus, mesmo sendo com muitas críticas do mau uso e da manipulação que o mercado de consumo faz dele, entrou definitivamente no imaginário religioso, social e cultural da maioria dos povos mesmo entre aqueles que somente agora passaram a receber o primeiro anúncio.


Leitor(a) 2: Não é mais possível pensar o ca

lendário civil sem ter presente o Natal e tudo o que ele traz consigo. Não é mais possível pensar na infância, seja ela pobre ou rica, sem os mitos, as lendas, as imagens e os conteúdos

do universo dos valores que a data comporta e anuncia.


Leitor(a) 3: O espantoso é que a mídia seja incapaz de mostrar a beleza e a força dos gestos de solidariedade que se concentramao longo do mês de dezembro. Nas igrejas, nos centros comunitários e em alguns setores municipais são incentivadas e promovidas ações de solidariedade humana e cristã. Mas claro que a pratica da solidariedade deve estender-se por todos os m

eses do ano...


Leitor(a) 4: Talvez a dificuldade maior continue sendo mostrar que não há outro caminho para a humanidade, fora do caminho traçado por este frágil menino de Belém. A esperança da humanidade reside na fragilidade daquela noite fria de dezembro quando os pastores recebem a grande notícia vinda do coro dos anjos.

Todos: “Anuncio-vos uma grande notícia: Hoje, na cidade de Davi, nasceu-vos um Salvador, que é o Messias Senhor”.


Leitor(a) 5: Cabe a nós como batizados reafir

mar que a encarnação do verbo continua sendo decisivo para toda a criação. No Natal de Cristo surge para toda a humanidade como a esperança da verdadeira vida e da felicidade,

porque a chave, o centro e o fim de toda a história humana se encontram no Senhor e Mestre que agora faz parte de nossa história.


5 - Falando da Bíblia

Animador(a): Solidarizando-se com o povo Jesus começa o tempo do Batismo no Espírito Santo. Isto é a formação do povo de Deus que vai construir a no

va sociedade.Canto para aclamar a Palavra de Deus

Ler: Lucas 3, 21-23



6 - Aprofundamento

Leitor(a) 2: O Batismo faz de Jesus o vocacionado por excelência do Pai que, doravante, vai ser, viver e agir em conformidade com aquilo que lhe é próprio como filho de Deus e Salvador. Nele a humanidade é chamada à santidade, a criaruma identidade vocacional e a assumir uma missão. Como o Batismo de Jesus no Jordão é o inicio da sua missão profética, para a revelação da sua divindade e identidade, da sua autoridade e de sua missão salvífica, assim o Batismo cristão é a fonte e origem de toda missão.


Leitor(a) 3: O cristão pelo Batismo é chamado pelo Pai a ser ouvinte

da Palavra. Adotado como filho bem amado e justificado dos seus pecados, é incorporado a Jesus Cristo, ungido pelo Espírito Santo e para a missão, é inserido na Igreja. No Batismo, a mesma voz que um dia foi ouvida, declarando Jesus Filho amado, é ouvida por nós, o mesmo Espírito que o ungiu e o enviou em missão nos consagra para vivermos uma vida nova.


Leitor(a) 4: A missão de Jesus dá sentido, acompanha e impulsiona o envio missionário do cristão ao mundo. O Batismo é o alicerce da vida cristã e permite compreender a Igreja como comunidade dos batizados, seguidores de Jesus, abertos à Luz do Espírito que nos conduz na missão evangelizadora.

Todos: O centro da vida de todos os batizad

os é a pessoa de Jesus e sua proposta transformadora de amor e justiça. Portanto, pelo Batismo somos libertados do pecado e regenerados como filhos de Deus; tornando nos membros de Cristo, somos incorporados a Igreja e feitos participantes de sua missão.


7 - Momento de partilha



Animador(a): Vamos conversar

sobre a reflexão que fizemos:

a) Neste Natal e todos os dias somos chamados a escutar e a praticar o anúncio do Reino de Deus?


b) O que fazer para concretizar o pedido que Jesus nos faz dizendo:

− “Vão e façam com que todos os povos se tornem meus discípulos (Mt 28, 19)?


c) O que é ser missionário(a) nos dias de hoje para você?


8 - Gesto concreto

Animador(a) : Procure conhecer melhor as famílias de sua comunidade, de sua rua e verifique se tem adolescentes e jovens que ainda não receberam o sacramento do Batismo e os encaminhem para Pastoral Catequética.


9 - Momento de oração

Animador(a) : Senhor Jesus Cristo, que nos chamaste para o Reino da tua Luz, ajuda-nos a caminhar conforme a orientação de Deus, agradando-lhe em tudo. Preces esp

ontâneas

Todos: Vem, Senhor, vem nos salvar, com teu povo vem caminhar.


10 - Oração final

Animador(a): Por esta famíli

a q

ue nos acolhe, rezemos ( todos estendem uma das mãos enquanto rezam)

Todos: Ó Mãe, inter

cedei junto de vosso F

ilho por esta família que nos recebe com carinho e ternura. Abençoai a todos que moram nesta casa, e também aqueles que a visitam. Escutai seus pedidos, e rogai a Jesus que os atenda. Que aqui

jamais falte o suficiente para que todos vivam com dignidade e alegria, sendo fortes nos momentos de dor e sofrimento. Sede a Mãe deste lar e protegei-o de todos os perigos. Amém.


Animador(a): Pela intercessão de Mar

ia, Mãe de Jesus e nossa Mãe,

a benção de Deus nos fortaleça na fé, na esperança e na caridade.

Todos: Assim seja!

Animador(a): O encontro de hoje esta terminando, mas continua a vivência da união entre nossas famílias. Levemos deste momento de ora

ção, tod

a a força que precisamos para aprofundar nossa união em nossas casas, no trabalho e em todo lugar. Para isso, pedimos uma benção especial.

Animador(a): Nossa alegria esta no nome do Senhor!


Todos: Que fez o céu e a terra.

Animador(a): O Senhor nos abençoe e nos g

uar

de.

Todos: Amem.


Animador(a): O Senhor nos mostre o seu rosto e tenha piedade de nós.

Todos: Amem.


Animador(a): O Senhor volte para nos o seu olhar e nos dê a paz.

Todos: Amem.


Animador(a): Antes de encerrar este encon

tro, vamos desejar a paz uns aos outros com um abraço fraterno de comunhão entre nós. Voltemos para nossas casas e continuemos a vida em comunidade. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Todos: Amém.


11 - Avisos, agradecimentos e canto final.

Nenhum comentário: