quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Carta da V Ampliada Nacional de CEBs às Comunidades do Brasil



Dom, 31 de Janeiro de 2010

cebsNo Planalto Central, em pleno cerrado, nós, representantes das CEBs dos 17 Regionais do Brasil, reunidos em Brasília – DF, no período de 28 a 31 de janeiro de 2010, com os seguintes objetivos: 1 – Avaliar a caminhada feita durante o 12° Intereclesial; 2 – Refletir o rosto das CEBs do Brasil em contribuição à preparação da 48° Assembléia Nacional dos Bispos do Brasil; 3- Perspectivas para o 13° Intereclesial.

No inicio de nosso encontro, trazemos a memória dos recentes acontecimentos, tais como: a ressurreição de nosso irmão Zé Martins, os 10 anos de martírio de Dorcelina Folador, as enchentes no Brasil, a tentativa de criminalização do MST através das prisões ocorridas em São Paulo e Santa Catarina, a tragédia ocorrida com os nossos irmãos haitianos, reforçada pelo testemunho da Ir. Rosângela, secretária pessoal da Dra. Zilda Arns e sobrevivente dessa tragédia.

A Análise de Conjuntura nos convocou a assumir o Projeto Popular, como propõe a Assembléia Popular, bem como abriu os nossos olhos para a relação Fé e Vida e o compromisso responsável que nos cerca com as Eleições de 2010.

Renovamos os compromissos assumidos pelos nossos delegados no 12° Intereclesial, e sentimos mais de perto o clamor da natureza, o grito dos pobres frente ao sistema neoliberal e a crise econômica. Os Intereclesiais são expressão do que as CEBs são.

Entre nós questionamos qual é o rosto das CEBs que vivenciamos, e vimos que temos vários rostos que são conseqüências de diversas realidades sejam elas eclesiais, sociais, culturais, entre outros.

Visitamos e conhecemos lugares, como a Torre de TV, que nos apresenta o “avião” chamado Brasília, a sede da Legião da Boa Vontade, com seu templo místico e a Paróquia São João Bosco. Sentimo-nos acolhidos na visita à sede da CNBB, através de Dom Dimas Lara, Secretário Geral.

Também esteve presente entre nós os nossos irmãos Pe. Vileci, Antônio Gelmar e Dom Fernando Panico, da Diocese de Crato (CE), que nos apresentaram um histórico da região do Cariri e da vida de Pe. Cícero Romão Batista, Pe, Ibiapina e do Beato Zé Lourenço, além de outras resistências e lutas daquele povo.

Reiteramos os nossos agradecimentos ao Povo de Porto Velho, pela acolhida e disponibilidade, pela troca de experiências, pela partilha de sua vida e história, com destaque à visita missionária, a qual fora apontada como metodologia acertada para os Intereclesiais.

Anunciamos, com alegria, que no período de 23 a 27/07/2013, na Diocese de Crato, realizaremos o 13° Intereclesial, cujo tema e lema serão definidos na próxima Ampliada Nacional, que será nos dias 17 a 20/07/2010.

Na ternura e firmeza da caminhada, continuemos articulando as comunidades pelo Brasil e iniciamos a construção do 13° Intereclesial, nas terras das romarias do “Padim Ciço Romão”.

Brasília, 31 de janeiro de 2010,

Fonte: CNBB

Nenhum comentário: