sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Muticom: Ministro do Paraguai discute políticas públicas e gestão da comunicação

05/02/2010 | Jaime Carlos Patias e Cecília de Paiva*
Como parte da programação no segundo dia do Mutirão Latino Americano e Caribenho de Comunicação - Muticom, que se realiza em Porto Alegre, RS, aconteceu na tarde do dia 4, o painel sobre políticas publicas e gestão da comunicação do Estado, com os conferencistas que fizeram parte dos debates na noite da abertura. O painel foi mediado pelo professor Pedro Ribeiro de Oliveira e teve a participação do cubano Ismael González González, coordenador da ALBA Cultural, Fernando Checa Montúfar, diretor do CIESPAL - Centro Internacional de Estudos Superiores de Comunicação para a América Latina, e Carlos Augusto dos Santos, Ministro de Comunicação do Paraguai.
Cecília de Paiva Carlos Augusto durante painel no Muticom Perguntado sobre o que significa ser Ministro da comunicação do Paraguai, no governo de Fernando Lugo, o jornalista Carlos Augusto afirmou que "antes fazia as perguntas agora tem de respondê-las". O Ministro explicou ainda que com a mudança política no Paraguai, a comunicação tornou-se uma prioridade. "Antes havia um pequeno escritório na Presidência da República, agora atuamos para entender a comunicação como parte de projeto de mudança cultural, pois acreditamos que, além de jornalistas, muitos comunicadores podem se converter em agente de desenvolvimento. Encontramos muita oposição dos proprietários dos meios da comunicação e dos atores políticos que dominavam o poder no passado" afirmou o Ministro.
Carlos Augusto informou ainda que o governo paraguaio instalou nas universidades públicas a cátedra para o desenvolvimento salientando que os empresários dos meios não admitem a existência de rádios comunitárias no Paraguai. "A comunicação hegemônica cresceu mas a participação não está acontecendo. Todo ato comunicativo é político e a cidadania é uma conquista que se dá com as várias ferramentas. A luta por uma agenda pública está nos objetivos centrais de mudanças em curso na América Latina, disse o jornalista lembrando que sempre há quem tema que a cidadania seja protagonista nas mudanças. "A comunicação é um assunto da governabilidade por isso temos de mapear os setores de atuação das empresas e da sociedade civil com suas rádios comunitárias e seus processo tendo a cidadania como protagonista. Nesse processo de mudança política há um denominador comum: a consolidação dos meios públicos na perspectiva de informar, debater e educar", destacou Carlos Augusto.
O Muticom acontece na Capital Gaúcha, nas instalações da PUCRS, e encerrará suas atividades no domingo, dia .
*Revista Missões no Muticom em Porto Alegre, RS.
Fonte: Revista Missões

Nenhum comentário: