terça-feira, 2 de março de 2010

ASSEMBLEIA DE CRATO: PREPARANDO O VAGÃO PARA O 13º INTERCLESIAL


“Foi uma Assembleia diferente de todas as outras, faz bastante tempo em que não se via tantos animadores de Comunidades reunidas aqui na Diocese de Crato”, esse foi o empolgado comentário feito por José Batista, Membro da Equipe Diocesana de CEB’s de Crato.
Um encontro que teve a participação de mais de 70 animadores de Comunidades de toda Diocese. Na ocasião o Bispo Diocesano D. Fernando Panico, esteve presente, reafirmando o desejo de se ter uma Diocese cada vez mais de Base, coesa com os ensinamentos de “Aparecida”, efetivamente formada por Rede de Comunidades.
Na ocasião o “Se Avexe Não”, conversou com Padre Nelito, assessor da CNBB nas Pastorais Sociais, no Departamento que trata do Mutirão de Superação e Combate a Fome.
“O Ceará está de parabéns, é gostoso ver a animação desta gente que é motivada e que abraça pela segunda vez, com muita fé e vontade um Intereclesial. Em 1983 a cidade de Canidé recebia o 5º Intereclesial, que tinha o tema “Igreja, povo unido, semente de uma nova sociedade”, na quela época já era possível ver a fervorosa catolicidade Cearense. Agora, mais uma vez, os olhares dos teólogos e demais estudiosos se voltarão para o Cerá, em especial para cidade de Crato, terra de grandes nomes, e não pode ser diferente, pois o Ceará é uma Igreja que sempre puxou o carro da Igreja no Brasil, é a reserva católica do Brasil, uma catolicidade viva de piedade”, disse Pe. Nelito, que comparou a Igreja do Ceará a um fogão a lenha “Existem dois modelos de Igreja, o modelo sala de televisão, onde todos são telespectadores, de um lado a TV e do outro lado um povo calado. O segundo modelo é o fogão a lenha, onde todo mundo conversa aquecido, cria sonhos, e tem um diálogo verdadeiro entre irmãos , são irmãos que descobrem novos horizontes, construindo uma nova sociedade”.
Padre Nelito falou ainda sobre os possíveis temas do 12º Intereclesial, e disse que o momento é para sugerir, somente na 2ª reunião da Ampliada Nacional, que acontecerá em Crato, este assunto será abordado com maior definição, por enquanto apenas algumas propostas foram lançadas, dentre elas a seguinte: CEB’s Romeira a Caminho do Reino de Deus. "Outro possível tema deverá enfatizar o Urbanismo com seus desafios gritantes", ponderou Pe. Nelito.
A experiência de Magda Gonçalves, da Paróquia de Nossa Senhora do Amparo da Diocese de Porto Velho, também foi presença incisiva na Assembleia. Na ocasião ela dissertou sobre a estruturação do Intereclesial,elencando a função e os aspectos de formação das Equipes: Central, Secretariado, Equipes de serviços e outras.
O “Se avexe não” extraiu a mensagem de Magda Gonçalves, que também é Coordenadora de um Curso de Teologia para leigos em Porto Velho : “Em um Intereclesial cada um vai fazer o que mais precisa ser feito, todos os membros são importantes , é um processo de formação onde se fortalece e se cria laços de Caminhada, é uma abertura à fé e a vida, onde tudo o que se faz é em função do próximo”
No encerramento da Assembléia, logo após os encaminhamentos , os membros foram informados dos demais encontros Diocesanos de CEB’s, que estavam acontecendo simultaneamente nas Dioceses de Tianguá e Itapipoca.

Confira no lado esquerdo do blog o Relatório da Assembleia, postado na ferramenta de Relatórios, Cartas e Regimento Interno das CEB's - Ceará

Nas fotos: Acima, D. Fernando e Animadores de Comunidades, Padre Nelito e Magda Gonçalves


Nenhum comentário: