segunda-feira, 15 de março de 2010

Ex-seminarista morre e padre fica em estado grave em seqüestro em Volta Redonda

O ex-seminarista Epaminondas Marques da Silva, 26, morreu e o padre Dejair Gonçalves de Almeida, 32, está em estado grave na UTI do hospital São João Batista, em Volta Redonda (RJ). Segundo a assessoria de imprensa da diocese de Barra do Piraí/Volta Redonda, padre Dejair e Epaminondas foram seqüestrados e levados até a casa paroquial, na madrugada de domingo, 14, em Volta Redonda, quando voltavam da Comunidade Eclesial, Senhor Bom Jesus, bairro Água Limpa.
“Os seqüestradores queriam dinheiro e, como não encontraram, atiraram na cabeça dos dois. O ex-seminarista morreu no local e o padre passou por uma cirurgia e está em estado grave na UTI”, explicou o assessor de imprensa, Vagner Mattos.
O ex-seminarista era coordenador da Comunidade Eclesial Santa Cruz. “Ele vai fazer muita falta para a Igreja e ainda mais para sua família. Somos solidários nesse momento e insistimos para que as pessoas passem a mudar suas atitudes frente à violência”, disse o padre Samuel Camargo.
Padre Dejair é mineiro de Arantina e foi ordenado há três anos. Responsável por oito comunidades, é um dos incentivadores da luta pela paz na cidade. Além disso, é o chanceler da Mitra Diocesana de Barra do Piraí/Volta Redonda e assessor do Apostolado de Oração.
O bispo de Volta Redonda, dom João Maria Messi, disse que a Igreja está inserida na sociedade e que a diocese sofre com a violência. Ele cobrou mais atitudes em favor da paz. “Precisamos ser embaixadores da Paz e promovê-la em todos os sentidos. Sejamos como o Cristo e não busquemos a vingança”, disse.
“Não podemos desistir. [Precisamos] levantar a cabeça e encorajar as pessoas a buscar soluções práticas pela paz”, avaliou o coordenador do Movimento Resgate da Paz de Volta Redonda, padre Juarez Sampaio.
fonte:CNBB

Nenhum comentário: