quarta-feira, 21 de julho de 2010

16ª Romaria da Juventude



 Com o Tema:Jovens em construção de políticas pela vida” e com o Lema: “Das águas que nos trazem Maria resgatando nosso jeito de ser e fazer”, os pjoteiros/as do Estado de São Paulo, mas uma vez se reuniram em Romaria, fazendo sua Marcha Estadual contra Violência e Extermínio de Jovem. Animação, Reflexão e Integração... foram esses os frutos colhidos e recolhidos ao término da atividade, que ocorreu domingo passado (18 de julho), em Guaratinguetá, terra do primeiro Santo brasileiro, Frei Galvão.
É lindo ver a juventude partindo de todos os pontos do estado, alguns enfrentando diversas horas de viagem, para juntos/as partilharmos sonhos, unir nossas vozes, demonstrar nossas ações, nossos ideais... foram quase 3000 jovens, que participaram dessa romaria. É profético ver, no alvorecer do dia, diversos ônibus chegando, a juventude animada, e empolgada para mais uma Romaria, um dos marcos históricos de nosso Regional.
A Reflexão sobre a vida de Frei Galvão, a folia de reis que animou a entrada de Nossa Senhora Aparecida, que vai a frente de todos os nossos projetos, e com ternura nós guia pelo caminho. A presença do nosso querido, Pe. Carlos Sávio da Costa Ribeiro assessor da PJ do Brasil, são esses elementos que deram o tom inicial de nossa caminhada.
A animação durante todo o trajeto, os gritos, as frases, as bandeiras, as caras pintadas, as camisetas, cada gesto cada símbolo, se une em caminhada, mostrando o que somos, o que queremos, pelo que lutamos, e aquilo em que acreditamos, olhar todos esses jovens unidos, a esperança floresce no coração, a esperança que um novo mundo é possível, que a Civilização do amor, não é uma utopia, ela se concretiza quando se junta essa juventude em Romaria.
Caminhar, cantar, gritar, chegar e celebrar, a celebração da eucaristia presidida por Dom Antonio Carlos Altieri (bispo referencial da juventude do nosso regional), é não somente a coroação de um momento especial, mas compromisso, compromisso de evangelizar, de levar as experiências vividas e anunciar o Cristo Jovem nesta caminhada que é construida por tantas mãos, exemplo de doação e testemunho ao Reino.
 
Neste ano nossa Romaria que também foi a nossa Marcha Estadual contra a violência e o extermínio de jovens, foi momento de mostrarmos que nós jovens, estendemos nossas mãos, e juntos gritamos: “Basta! Chega de violência e extermínio de jovens”, mostramos nossa força na luta por políticas efetivas ao favor dos/as jovens, reafirmamos nosso desejo de vida plena, sobretudo aos menos favorecidos e aos que morrem precocemente.
Essa Romaria foi marcada por espiritualidade, foram momentos de pintar a mão sinalizando um basta de morte, momentos de recitar poesias resgatando a cultura popular, momentos de dançar, cantar, valorizar a figura da mulher, de resgatar o valor e a contribuição da negritude, e por fim sermos enviados pela mística do sonho, que valoriza as razões que temos pra viver.
Gratos a todos que estiveram presentes, deixamos por fim registrado nosso carinho ao sub de Aparecida que nos acolheu, a comunidade fraterna da Igreja de Frei Galvão e todos que colaboraram direta ou indiretamente, continuemos irmanados/as na certeza que fazemos história, e uma história de resitência, coragem e ousadia, da Igreja cotidiana, dos pequenos e da simplicidade do povo de Deus, seguimos na luta diária, na comunhão dessa rede de irmãos e irmãs que é a Pastoral da Juventude.

Coordenação Regional da Pastoral da Juventude
Equipe de Romaria 2010

Nenhum comentário: