quarta-feira, 28 de julho de 2010

Carta Compromisso do 6º Encontro Mineiro de CEBs

“Gente simples fazendo coisas pequenas, em lugares pouco importantes, realiza mudanças extraordinárias” (provérbio africano)
viencontromineirocebsNa Comemoração do Centenário da Igreja particular de Montes Claros, nos dias 22 a 25 de julho de 2010, celebramos nesta cidade, o 6º Encontro Mineiro das CEBs, com o tema “Economia e Missão” e o lema “Construindo uma Igreja solidária”.
Viemos de muitas dioceses do nosso Estado em peregrinação de fé e esperança. Dos mil e 200 delegados e delegadas presentes, em sua maioria leigos e leigas, dentre eles povos tradicionais (indígenas, quilombolas, geraizeiros, vazanteiros, veredeiros, caatingueiros e outros trabalhadores do campo e da cidade), estiveram presentes também religiosas e religiosos, seminaristas, diáconos e presbíteros. Fomos acolhidos pelo arcebispo anfitrião, Dom José Alberto Moura, pelas diversas equipes de serviço e, numa hospedagem solidária, as famílias montes-clarenses abriram seus corações e suas portas para nos oferecer o que têm de melhor. A presença de Dom José Moreira, bispo de Januária, Dom Severino Clasen, bispo de Araçuaí, e Dom Hugo, bispo de Almenara, muito nos alegrou.
Trabalhamos os eixos temáticos: social, eclesial, econômico, político e ecológico, os quais foram desenvolvidos em subtemas e possibilitaram a reflexão e o aprofundamento dessas questões.
Fizemos a memória dos encontros anteriormente realizados no Estado, do 11º Intereclesial em Ipatinga (MG) e do 12º, em Porto Velho (RO). Reavivamos a caminhada das CEBs na experiência partilhada a partir do conhecimento coletivo e do fazer comunitário e, em sintonia com o Documento de Aparecida, reafirmamos o compromisso de sermos Comunidades Eclesiais de Base, discípulas missionárias de Jesus, em estado permanente de Missão. E numa caminhada profética com as juventudes, percorremos ruas e avenidas da cidade denunciando o extermínio de nossos jovens e vislumbrando um horizonte novo nos gerais de nossas CEBs.
A partir da metodologia VER, JULGAR, AGIR, REVER e CELEBRAR, constatamos avanços e desafios colocados hoje para a missão de nossas Comunidades Eclesiais de Base. Queremos destacar, em nossa caminhada, a vivência de uma espiritualidade libertadora com a evangélica opção preferencial pelos pobres, a experiência das Assembleias Populares enquanto espaço de construção do Brasil que queremos e precisamos, os Plebiscitos Populares, os Comitês 9840 do qual foi aprovada a Lei “Ficha Limpa”, os trabalhos desenvolvidos pelas minorias étnicas, os movimentos de mulheres, as Escolas de Formação de Fé e Política, sem contar as inúmeras associações e cooperativas brotadas do trabalho das nossas Comunidades Eclesiais de Base.
Imbuídos de nosso compromisso batismal, nós, missionários e missionárias participantes do 6º Encontro Mineiro das CEBs, nos comprometemos em nossas comunidades com a construção de uma Igreja solidária, através das seguintes ações transformadoras:
  • Intensificar a participação no Plebiscito pelo limite da propriedade da terra;
  • Fortalecer os Comitês 9840 e o combate à corrupção;
  • Promover o Grito dos Excluídos;
  • Incentivar as Escolas de Formação de Fé e Política;
  • Fortalecer as iniciativas de Economia Solidária;
  • Combater o uso de agrotóxicos, dentre outros compromissos assumidos por cada micro particularmente;
  • Realizar a campanha pela soberania e segurança alimentar e nutricional sustentável.
Animados pela fé e movidos pela esperança, voltamos para as nossas comunidades. Pedimos à Trindade Santa que nos ilumine e fortaleça nossa caminhada!

Montes Claros, Domingo, 25 de julho de 2010
Dia do Senhor
Dia das Trabalhadoras e Trabalhadores Rurais

Fonte:CNBB

Nenhum comentário: