quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Novena de Natal 2010 - 4º Dia da Novena “Ó Adonai!” em

ORAÇÃO INICIAL
CHEGADA: silêncio – oração pessoal

Refrão meditativo: Senhor, nós te esperamos.
Senhor, nós te esperamos, Senhor não tardes mais! Senhor, nós te esperamos, vem logo, vem nos salvar!

ACENDIMENTO DA VELA
Acender a vela correspondente no dia da novena.
Dirigente: Bendito sejas, Deus das promessas, porque iluminas as nossas vidas com a luz de Jesus Cristo, teu Filho, a quem esperamos com toda a ternura do coração. Amém.

ABERTURA
− Vem, ó Deus da Vida, vem nos ajudar! (bis)
Vem, não demores mais, vem nos libertar! (bis)

− Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo Espírito! (bis)
Glória à Trindade Santa, glória ao Deus Bendito! (bis)

− Aleluia, irmãs, aleluia, irmãos! (bis)
Nosso Senhor vem vindo, a Deus louvação! (bis)

− De pé, vigilantes, lâmpadas nas mãos! (bis)
Ele já está bem perto, nossa Salvação! (bis)

Dirigente: Irmãos e irmãs, o Senhor está perto! Sua graça e paz
estejam com vocês!
Todos: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.



1. RECORDAÇÃO DA VIDA
Dirigente: Iniciemos este quarto dia 
de nossa novena e, mais uma vez, 
lembramos a Deus o mundo que 
pode ser libertado com seu braço 
poderoso. Invocamos hoje o Senhor 
como Adonai. Nesta comunhão, 
lembremos os fatos, as pessoas, os 
grupos... com quem queremos estar 
reunidos e unidos na oração nesta 
espera do novo Natal do Senhor.



HINO (rezado ou cantado)
Ó vem, ó vem, Emanuel,

Refrão: Dai glória a Deus, louvai, 
povo fiel, Virá em breve, o Emanuelel


1. Ó vem! Ó vem Emanuel! És esperança
de Israel! Promessa de Libertação, 
 vem nos trazer a salvação!

2. Ó vem aqui nos animar as nossas
vidas despertar dispersas as sombras 
do temor vem pra teu povo, ó Salvador.
    
3. Ó vem, Rebento de Jessé, e aos
filhos teus renova a fé, que possamos 
o mal dominar e sobre a morte  triunfar!

4. Vem, esperança das nações, 
habita em nossos corações toda discórdia se desfaz tu és, Senhor, o rei da paz!
  
3. ORAÇÃO
Todos: Ó Deus, guia do teu povo, enviaste teu Filho Jesus, para ser nosso Cristo e Senhor, guia que nos conduz em teus caminhos. Escuta as preces destes fi lhos e filhas em oração. Restaura-nos no teu amor, manifesta a tua misericórdia e dá-nos a tua salvação. Por Cristo, nosso Senhor. Amém!

4. SALMO 80 (rezado ou cantado)
Dirigente: “Pela entranhável misericórdia  do nosso Deus,  nos visitará   
do alto o sol nascente” (cf. Lc 1,78). 
Peçamos ao Senhor que renove a unidade do seu povo dividido e venha de novo nos guiar em nossa caminhada.


Refrão: Eis que de longe vem o Senhor para as nações do mundo
julgar, e os corações alegres estarão como numa noite em festa a
cantar!


Senhor Deus, ouve, escuta: do teu povo és Pastor; de tua tenda de bondade
faze-nos ver o esplendor, teu poder desperta e vem, vem salvarnos ó Senhor!
E a vinha que plantaste já não vens mais visitar? O cuidado de tuas
mãos já nem queres mais olhar? desgalhada, murcha e seca, desse jeito vais deixar?

Sobre o povo que escolheste tua forte mão estende, tua face sobre
nós resplender faze clemente, restaurar- nos vem, Senhor, vem salvar
a tua gente!


5. LEITURA BÍBLICA
Ler pausadamente Carta aos Filipenses
2,6.9-11
4º Dia da Novena

6. MEDITAÇÃO DA PALAVRA DE DEUS – silêncio – partilha – refrões



7. APROFUNDAMENTO
Leitor 1 − Quando Deus se revelou a Moisés, na sarça ardente, confi ou o seu nome: “Eu sou aquele que sou” (Ex 3,14). Essa expressão traduz o nome que em hebraico se escreve com quatro letras, o qual é impronunciável, considerado sagrado pelo seu signifi cado. Desde então, invocar o nome do Senhor coloca nos no contexto desta revelação, da liberdade e da aliança que nos narra Êxodo 6,20 e que culmina com o pacto no Sinai que, posteriormente, se expressara nos mandamentos. Os judeus, sempre que encontram no texto sagrado o nome de Deus - as quatro letras sagradas -, inclinam a cabeça e reverentemente dizem a palavra Adonai, que em hebraico significa “meu Senhor”, para não pronunciar o nome de Deus e assim afastar a possibilidade de dominá-lo e manipulá-lo.

Leitor 2 – A memória dos antigos prodígios do Sinai e a certeza da fidelidade do Deus da aliança fi zeram
crescer a certeza de que o “Senhor estendera outra vez sua mão para resgatar o resto do povo” (cf. Is 11,
II). O salmo 130 é este grito de esperança confiante de que o Senhor virá; o salmista aguarda o Senhor como a sentinela, à aurora, porque o Senhor resgatará Israel de todas as suas faltas. Essas profecias se concretizaram na vinda de Jesus, cujo nome significa “Deus salva”. Ele, por sua ressurreição, se tornou o Cristo e o Senhor, o Adonai.

Leitor 3 – É Ele a nova revelação do amor de Deus, quem nos dá a Nova Lei. É Ele o pastor e guia do
seu povo. Ele mesmo, um dia, nos advertiu: “Quanto a vocês, nunca se deixem chamar de mestre, pois um
só é o Mestre de vocês, e todos vocês são irmãos [...]. Não deixem que os outros chamem vocês de líderes,
pois um só e o Líder de vocês: o Messias” (Mt 23,8-10).

Dirigente: Com Maria, demos graças a Deus porque nos revelou o segredo do seu nome: Senhor-Adonai.
Peçamos que Ele nos liberte, como outrora fez com Moisés e o povo de Israel.

CANTO: Ó...Ó Senhor, ó Adonai
(rezado ou cantado)
Ó... Ó Senhor, ó Adonai: de Israel,
do teu povo és o guia, Numa fogueira
a Moisés te revelaste. No Sinai
a teus servos entregaste. Uma Lei
cheia de sabedoria, vem trazer a teu
povo alforria, libertar com teu braço
os que amaste, ó, ó.

Refrão: Vem, ó Filho de Maria,
do teu povo és o guia, quanta
sede, quanta espera, quando chega,
quando chega aquele dia?...

ORAÇÃO FINAL
CÂNTICO DE MARIA
– A minh’alma engrandece o Senhor / E exulta o meu espírito em Deus Salvador;
– porque olhou para a humildade de sua serva, / doravante as gerações hão de chamar-me de bendita.
– O Poderoso fez em mim maravilhas / e santo é seu nome!
– Seu amor para sempre se estende / sobre aqueles que o temem;
– manifesta o poder de seu braço, / dispersa os soberbos;
– derruba os poderosos de seus tronos / e eleva os humildes;
– sacia de bens os famintos / despede os ricos sem nada.
– Acolhe Israel, seu servidor, / fi el ao seu amor,
– como havia prometido a nossos pais, / em favor de Abraão e de seus filhos para sempre.
– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. / Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

PRECES
Dirigente: Irmãos e irmãs, com Maria, aguardemos vigilantes a manifestação
do Filho de Deus que a todos quer salvar.
Todos: Maranathá, vem, Senhor Jesus!
● Ó Cristo, faze de nosso coração e de todo o nosso ser a tua morada e vem nos salvar!
● Ó Cristo, assumiste nossa fraqueza e nossa pobreza, faze-nos fortes e ricos em teu amor!
● Ó Cristo, guia em teu caminho todos nós que te esperamos nas estradas deste mundo!
Preces espontâneas...
(que nasçam da Palavra de Deus meditada e partilhada)
Dirigente: Já está bem perto a nossa salvação! Em comunhão com a criação inteira, que geme e sofre em dores de parto, rezemos a oração que o Senhor nos ensinou: Pai nosso...

BÊNÇÃO
Dirigente: O Deus da esperança, da alegria e da paz permaneça com todos nós, agora e para sempre. Amém!
Dirigente: Bendigamos ao Senhor!
Todos: Graças a Deus!
DirigenteO auxílio divino permaneça sempre conosco!
Todos: E com nossos irmãos e irmãs ausentes!







Nenhum comentário: