terça-feira, 23 de novembro de 2010

Novena de Natal 2010 - 9º Dia da Novena “Ó Emanuel!”

ORAÇÃO INICIAL

CHEGADA: silêncio – oração pessoal 


Refrão meditativo: Senhor, nós te esperamos.
Senhor, nós te esperamos, Senhor não tardes mais! Senhor, nós te esperamos, vem logo, vem nos salvar!

ACENDIMENTO DA VELA
Acender a vela correspondente no dia da novena.
Dirigente: Bendito sejas, Deus das promessas, porque iluminas as nossas vidas com a luz de Jesus Cristo, teu Filho, a quem esperamos com toda a ternura do coração. Amém.

ABERTURA
− Vem, ó Deus da Vida, vem nos ajudar! (bis)
Vem, não demores mais, vem nos libertar! (bis)

− Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo Espírito! (bis)
Glória à Trindade Santa, glória ao Deus Bendito! (bis)

− Aleluia, irmãs, aleluia, irmãos! (bis)
Nosso Senhor vem vindo, a Deus louvação! (bis)

− De pé, vigilantes, lâmpadas nas mãos! (bis)
Ele já está bem perto, nossa Salvação! (bis)

Dirigente: Irmãos e irmãs, o Senhor está perto! Sua graça e paz
estejam com vocês!
Todos: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor




1. RECORDAÇÃO DA VIDA
Dirigente: Para este último dia da 
novena, apresentemos a Deus todas 
as esperanças, anseios, desejos,

inquietações, nossas e de todos os 
povos. Invocamos hoje o Senhor 
como Emanuel, Deus conosco. 
Nesta comunhão, lembremos os 
fatos, as pessoas, os grupos... com 
quem queremos estar reunidos e 
unidos na oração nesta espera do

 novo Natal do Senhor.



HINO (rezado ou cantado)
Ó vem, ó vem, Emanuel,
Refrão: Dai glória a Deus, louvai, 
povo fiel, Virá em breve, o Emanuel



  

1. Ó vem! Ó vem Emanuel! És esperança
 
de Israel! Promessa de Libertação, 
 vem nos trazer a salvação!
 

2. Ó vem aqui nos animar as nossas
   
vidas despertar dispersas as sombras 
 
 do temor vem pra teu povo, ó Salvador.
      
3. Ó vem, Rebento de Jessé, e aos
  
 filhos teus renova a fé, que possamos 
  
o mal dominar e sobre a morte  triunfar!
4. Vem, esperança das nações, 
  habita em nossos corações toda discórdia se desfaz tu és, Senhor, o rei da paz!
 


3. ORAÇÃO
Todos: Ó Deus, que enviaste teu
Filho Jesus para ser presença de
amor em nossa vida, Deus conosco,
Emanuel. Escuta as preces
destes teus fi lhos e fi lhas em oração
Restaura-nos no teu amor,
manifesta a tua misericórdia e
dá-nos a tua salvação. Por Cristo,
nosso Senhor. Amém!



4. SALMO 80 (rezado ou cantado)
Dirigente: “Pela entranhável misericórdia
do nosso Deus, nos visitará
do alto o sol nascente” (cf. Lc 1,78).
Peçamos ao Senhor que renove a
unidade do seu povo dividido e venha
de novo nos guiar em nossa caminhada.

Refrão: Eis que de longe vem o
Senhor para as nações do mundo
julgar, e os corações alegres estarão
como numa noite em festa a
cantar!


Senhor Deus, ouve, escuta: do teu
povo és Pastor; de tua tenda de bondade
faz-nos ver o esplendor, teu
poder desperta e vem, vem salvarnos
ó Senhor!


E a vinha que plantaste já não vens
mais visitar?... O cuidado de tuas
mãos já nem queres mais olhar?...
Desgalhada, murcha e seca, desse
jeito vais deixar?...


Sobre o povo que escolheste tua
forte mão estende, tua face sobre
nós resplender faze clemente, restaurar-
nos vem, Senhor, vem salvar
a tua gente!

5. LEITURA BÍBLICA
Ler pausadamente Apocalipse 21, 3-4


6. MEDITAÇÃO DA PALAVRADE DEUS – silêncio – partilha –refrões



7. APROFUNDAMENTO
Leitor 1 − Cerca de 730 anos antes de Jesus nascer, o reino de Judá foi ameaçado por seus vizinhos, para
que se juntasse a eles em guerras e batalhas. O rei Acaz estava tentado a ceder, temendo uma invasão iminente. Nesse contexto, recebeu do profeta Isaías o sinal que necessitava: sua esposa dará a luz um menino, que seria chamado pelo nome de Emanuel - palavra que signifi - ca Deus conosco -, e, antes que a criança soubesse discernir entre o bem e o mal, o perigo passaria (cf. Is 7,14). O que foi dito naquele momento tornou-se a espera do povo de Israel, lembrado da revelação de Deus a Moisés, como “Eu sou o que sou”, o Deus que está sempre com o seu povo, que acompanha a sua história e se compromete com a sua causa (cf. Ex 3,14).



Leitor 2 – No anúncio do nascimento de Jesus a José, o evangelista Mateus citou esta profecia de Isaías. De fato, Jesus é o Deus conosco por sua presença e proximidade para com os pobres e por sua preocupação em derrubar todas as barreiras e a discriminação. Que o digam os doentes afastados do convívio por serem considerados pecadores, os publicanos e cobradores de imposto, tratados como traidores dos povos, as prostitutas e as mulheres adúlteras votadas à morte por
leis cruéis, os pagãos e estrangeiros considerados impuros, as mulheres e as crianças colocadas à margem da vida social, os pobres explorados de todas as formas... Todos eles fi zeram a experiência do Deus conosco, registrada em cada página do Evangelho. Por isso, São Paulo, na carta aos Efésios, pode dizer que Jesus é nossa paz, porque “de dois povos, ele fez um só. Na sua carne derrubou o muro da separação: o ódio” (Ef 2,14).



Leitor 3 – Na espera amorosa do novo Natal do Senhor, aclamamos e contemplamos Jesus como Emanuel e suplicamos que Ele venha, enfi m, nos salvar.



Dirigente: Com Maria e com todos os pobres que esperam o Salvador,
demos graças a Deus que se faz presença em nossa vida: Emanuel, Deus conosco. Peçamos que Ele nos salve.



CANTO: Ó...Ó Emanuel
(rezado ou cantado)


Ó...Ó...Emanuel:
Deus conosco, ó Rei legislador, esperança
de todas as nações, desejado
de todos corações, és dos pobres
maior libertador, fi nalmente salvarnos
vem, Senhor, ó Deus nosso,
ouve as nossas rogações, ó, ó.


Refrão: Vem, ó Filho de Maria,
vem depressa, ó luz da vida, quanta
sede, quanta espera, quando
chega, quando chega aquele dia?



ORAÇÃO FINAL
CÂNTICO DE MARIA
– A minh’alma engrandece o Senhor / E exulta o meu espírito em Deus Salvador;
– porque olhou para a humildade de sua serva, / doravante as gerações hão de chamar-me de bendita.
– O Poderoso fez em mim maravilhas / e santo é seu nome!
– Seu amor para sempre se estende / sobre aqueles que o temem;
– manifesta o poder de seu braço, / dispersa os soberbos;
– derruba os poderosos de seus tronos / e eleva os humildes;
– sacia de bens os famintos / despede os ricos sem nada.
– Acolhe Israel, seu servidor, / fi el ao seu amor,
– como havia prometido a nossos pais, / em favor de Abraão e de seus filhos para sempre.
– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. / Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

PRECES
Dirigente: Irmãos e irmãs, com Maria, aguardemos vigilantes a manifestação
do Filho de Deus que a todos quer salvar.
Todos: Maranathá, vem, Senhor Jesus!
● Ó Cristo, faze de nosso coração e de todo o nosso ser a tua morada e vem nos salvar!
● Ó Cristo, assumiste nossa fraqueza e nossa pobreza, faze-nos fortes e ricos em teu amor!
● Ó Cristo, guia em teu caminho todos nós que te esperamos nas estradas deste mundo!
Preces espontâneas...
(que nasçam da Palavra de Deus meditada e partilhada)
Dirigente: Já está bem perto a nossa salvação! Em comunhão com a criação inteira, que geme e sofre em dores de parto, rezemos a oração que o Senhor nos ensinou: Pai nosso...

BÊNÇÃO
Dirigente: O Deus da esperança, da alegria e da paz permaneça com todos nós, agora e para sempre. Amém!
Dirigente: Bendigamos ao Senhor!
Todos: Graças a Deus!
DirigenteO auxílio divino permaneça sempre conosco!
Todos: E com nossos irmãos e irmãs ausentes!








Nenhum comentário: