terça-feira, 30 de novembro de 2010

O Natal se anuncia novamente em nossas vidas!



Vivamos o Tempo do Advento e tenhamos um Santo e Abençoado Natal!

Deus nos convida a nos deixar envolver por este tão grande mistério divino, o Mistério da Encarnação. São quatro semanas em que nos preparamos para celebrar esta certeza a ser anunciada e ofertada como presente a todos os povos – Deus quer caminhar e caminha com seu povo, assumindo a sua condição de criatura, exceto no pecado, para elevar a criação ao mais alto grau, a se tornar divina na sua plenitude.
Estas quatro semanas, em que a Igreja chama de Tempo de Advento. Um pequenino tempo de expectativa, de esperança a ser acesa no coração de cada ser humano de boa vontade como nos anunciará os anjos na Noite de Luz. Um pequenino tempo em que somos chamados há parar um pouco nossa correria do dia a dia e nos encontrar em família, seja entre amigos e vizinhos para orar e meditar no sentido de ir preparando nosso espírito, reavaliar e limpar nosso interior, dando espaço novamente a quem é de devido – o Príncipe da Paz, o Senhor de todas as coisas, o Emanuel (Deus Conosco).
Celebrar o Natal do Senhor é dizer para nós mesmos que não somos como aquela gente que, não tinha lugar, para com aquela mãe aflita às vésperas de dar a luz ao seu rebento. É dizer para nós mesmos que estamos dispostos a olhar para o menino-Deus que continua a nascer no coração de cada ser humano; no entanto, e principalmente, acolher de alguma forma aqueles que nos clamam por vida, por seus direitos tolhidos, por dignidade roubada...
Celebrar o Natal do Senhor é reafirmar a fé não só em querer para nós mesmos a garantia de tê-lo como nosso Salvador, mas deixar-nos envolver pelo seu olhar de compaixão e presenteá-lo com nossas oferendas àqueles que mais necessitam de comida, de roupa, de abrigo, de aceitação diante de suas dificuldades. É começar dentro de casa, saber perdoar mais do que cobrar, é saber caminhar ao lado do que ficar olhando de fora e julgar. É deixar-nos enxergar pelo olhar do pequenino, do frágil, mas que já desde o seu nascimento já dá o seu recado – o olhar de criança que desmonta a qualquer ser humano que tenha coração e seja de boa vontade.
Celebrar o Natal do Senhor é encantar e cantar as maravilhas de Deus! Maravilhas estas que são operadas sempre que a humanidade se deixa tocar no seu íntimo e desarma-se do medo, da prepotência, da arrogância, da vaidade, do orgulho de se achar o dono de tudo e de todos. É no contemplar o Mistério da Encarnação e assim tornar-se humilde, sereno, acolhedor, simples, seguro naquele que é o Senhor da Vida e da Esperança – Jesus de Nazaré.
Vivamos o Tempo do Advento e tenhamos um Santo e Abençoado Natal!
Pe. Marcelo Telles
Pároco da Paróquia Nossa Senhora Aparecida 
Bairro PROCASA, São José(SC)
Fonte: Arquidiocese de Florianópolis

Nenhum comentário: