quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

4º domingo do Advento



ANIMANDO A LITURGIA DO IV DOMINGO DO ADVENTO
Sentido Litúrgico


No quarto domingo do Advento, lembrando a espera de Maria e José, bendizemos o Pai pela manifestação de seu Filho em nossa carne. O Emanuel, o Deus conosco, vem nos livrar do pecado e da morte e nos introduzir no seu Reino de Vida e de Liberdade.
A Salvação que vem de Deus não é um sonho irreal, mas é sua própria presença, manifestada em seu Filho e envolvendo todas as pessoas que pela conversão aderem a ele.
A terra e toda a humanidade se encontram grávidas do Reino e entram no dinamismo do amor e da fidelidade de Deus que conduz a história do "Menino" e dos que com ele se tornam construtores da justiça e da paz.

Sugestões para a celebração
Será oportuno, durante a celebração, em momento apropriado, colocar a imagem ou figura de Maria e de José no presépio e, no final da celebração, cantar um hino mariano.
A cor rosada continua indicando a alegria da espera e da chegada, agora mais próxima.
Valorizar a participação das mães gestantes e de crianças nos vários momentos da celebração.
Quem preside a celebração ou uma mulher grávida traz, na procissão de entrada a 4ª vela do Advento, que deverá ser colocada na coroa do Advento, no momento escolhido e acompanhado por um refrão ou frase bíblica ligada à liturgia da Palavra deste domingo.
Evangelho poderá ser dialogado ou mesmo encenado.
É bom que a resposta às preces seja cantada, assim como a louvação do Advento (Hinário Litúrgico, p. 73), o Santo, e o Amém final.
Antes da louvação ou abrindo a Oração Eucarística, a comunidade seja convidada a proclamar as esperanças que animam hoje, a caminhada dos pobres.
Dar uma bênção especial para as mães gestantes presentes e, a todo o povo, a bênção própria do Advento (p. 519 do Missal Romano).
Lembrar que no dia 22/12 recordamos Chico Mendes, defensor do meio ambiente.

Extraído do livreto A MELHOR NOTÍCIA DO PAI, CNBB/Paulinas, 1998

Nenhum comentário: