sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

9º Encontro 28 de março a 3 de abril “Cristo, Luz para nossas trevas” _ Livreto das CEBs 2011 - Diocese de SJC



9º Encontro
28 de março a 3 de abril

“Cristo, Luz para nossas trevas”








1. CHEGADA: Silêncio – oração pessoal
2. ABERTURA (dirigente)
−Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar! (bis)
Vem, não demores mais, vem nos libertar. (bis)
−Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo Espírito. (bis)
Gloria à Trindade Santa, glória ao Deus bendito. (bis)
– Venham com fervor para a oração, (bis)
Já se aproxima a Páscoa da Ressurreição. (bis)
Vence as nossas trevas, nossa escuridão, (bis)
Transforma nossas pela conversão. (bis)

3. RECORDAÇÃO DA VIDA
Recordação da semana
4. HINO: POVO NOVO
 (rezado ou cantado)
Refrão:Lutar e crer, vencer a dor, louvar ao Criador!
Justiça e Paz hão de reinar e viva o amor!

1- Quando o espírito de Deus soprou,
o mundo inteiro se iluminou.
A esperança na terra brotou
e o povo novo deu-se as mãos e caminhou!

2- Quando Jesus a terra visitou, a Boa Nova da
justiça anunciou: o cego viu, o surdo escutou
e os oprimidos das correntes libertou!

3- Nosso poder está na união,
o mundo novo vem de Deus e dos irmãos
vamos lutando contra a
divisão e preparando a festa da libertação

4- Cidade e campo se transformaram, jovens
unidos na esperança gritarão.
A força nova é o poder do amor,
nossa fraqueza é força em Deus libertador!

5. SALMO 23 (rezado ou cantado)
Dirigente: “Eu sou o bom pastor: conheço minhas ovelhas e elas me conhecem” (Jo 10,1 4). Como os antigos romeiros do povo de Deus, cantemos nossa confiança no Senhor, pastor que nos conduz e nos acolhe como hóspedes queridos.
Refrão: Tu és Senhor, o meu Pastor,
Por isso, nada em minha vida faltará! (bis)

Pelos prados e campinas verdejantes, eu vou...
É o Senhor que me leva a descansar.
Junto às fontes de águas puras, repousantes, eu vou!
Minhas forças, o Senhor vai animar.

Nos caminhos mais seguros junto dele, eu vou!
E pra sempre, o seu nome eu honrarei .
Se eu encontro mil abismos nos caminhos, eu vou!
Segurança sempre tenho em suas mãos.

Co’ alegria e esperança, caminhando eu vou!
Minha vida está sempre em tuas mãos.
E na casa do Senhor , eu irei habitar
E este canto para sempre irei cantar!

6. EVANGELHO DE DOMINGO
Ler pausadamente João 9, 1-41

7. MEDITAÇÃO DO EVANGELHO – silêncio – partilha – refrões    

8. A partir da Palavra rezada e meditada:
Verdade: O que diz a Palavra?
Caminho: O que a Palavra  diz para nós, hoje?
Vida: O que a Palavra nos leva a dizer a Deus?
Missão: Qual nosso novo olhar a partir da Palavra? Qual nossa missão para esta semana, a partir da Palavra?
Compromisso: O que podemos assumir como compromisso?

9. O EVANGELHO SE FAZ ORAÇÃO (PRECES)
Dirigente: Peçamos ao Senhor que o seu Espírito de ternura nos conduza nesta Quaresma, nos purifique e nos renove em seu amor, por isso peçamos:
Todos: Senhor, unja nossos olhos e livre-nos da cegueira.

● Senhor, que sejamos humildes e livres de preconceitos. Que o Senhor venha ao nosso encontro e abra nossos olhos.
● Que as autoridades de nosso tempo não sejam cegas ao clamor do povo e abram seus olhos para as reivindicações dos que sofrem
● Senhor, cure-nos da cegueira do pecado, que possamos aderir aos planos de Jesus, a Luz da vida, e que ouçamos a sua voz para não nos tornarmos cúmplices de uma sociedade que mantém o povo dominado e explorado.

Preces espontâneas... (que nasçam da Palavra de Deus meditada e partilhada)
Pai nosso...
Ave Maria...

10. ORAÇÃO
Dirigente: Ó Deus de ternura e Mãe da compaixão, és fonte de toda ação justa e de toda palavra boa. Vivendo a Quaresma como um tempo de deserto, ensina-nos a orar. Tu nos chamas à penitência. Converte, então, o nosso coração e ensina-nos a praticar o verdadeiro jejum e a repartir com os nossos irmãos e irmãs tudo o que temos e somos. Por Cristo, nosso Senhor. Amém!

11. REFLEXÃO TEMÁTICA: “Terra, casa de todos”
  
Leitor 1 – Hoje o que Deus pede ao homem e à mulher é preservar o nosso planeta, cuidar e zelar por esta nossa casa comum e por tudo o que nela habita com a mesma paixão amorosa de Deus Criador, em vista da felicidade de todas as pessoas e de todos os serres vivos. Com Deus e com a força de seu Espírito, nós, homens e mulheres, temos a graça de continuar sua obra criadora, lutando contra todos os males que ameaçam a vida do planeta, contra a violência presente em todas as páginas da história humana.

Leitor 2 – Devemos convocar a todos(as) para, num mutirão global, aprender com os povos nativos e suas culturas como viver de maneira fraterna, em sociedade e com a natureza, e que seus valores, suas histórias e seus mitos nos inspirem a viver religiosamente, ou seja, re-ligando tudo o que é vivo numa grande harmonia, reflexo terreno da nossa fé profunda na Criação Divina.

Leitor 3 – Mas não podemos cair no engano de pensar que a bênção (Gn 1, 22.28; 2,3) que Deus dá ao ser humano, de “dominar e submeter a terra” (Gn 1, 28), significa que nós podemos fazer com a natureza tudo o que quisermos. A expressão “dominar” poderá ser traduzida também por “governar”, “cuidar”, “preservar”, “conviver”. Isso não é autorização para grilar terras, devastar o ambiente, poluir as águas, matar os animais sem alguma razão, causar a morte. “Dominar a terra” também não significa concentrar riquezas e fazer violência à criação.

 Oração da Campanha da Fraternidade 2011 

Senhor Deus, nosso Pai e Criador.
A beleza do universo revela a vossa grandeza,
A sabedoria e o amor com que fizestes todas as coisas,
E o eterno amor que tendes por todos nós.

Pecadores que somos, não respeitamos a vossa obra,
E o que era para ser garantia da vida está se tornando ameaça.
A beleza está sendo mudada em devastação,
E a morte mostra a sua presença no nosso planeta.

Que nesta quaresma nos convertamos
E vejamos que a criação geme em dores de parto,
Para que possa renascer segundo o vosso plano de amor,
Por meio da nossa mudança de mentalidade e de atitudes.

E, assim, como Maria, que meditava a vossa Palavra e a fazia vida,
Também nós, movidos pelos princípios do Evangelho,
Possamos celebrar na Páscoa do vosso Filho, nosso Senhor,
O ressurgimento do vosso projeto para todo o mundo.

Amém.
12.  AVISOS / COMEMORAÇÕES (aniversário, nascimento, acolhida de gente nova...)
●Evangelho de domingo que vem: João 11, 1-45
Não se esqueça: traga a Bíblia no próximo encontro. Prepare-se, marcando o texto do Evangelho e lendo-o até o dia em que nos reuniremos
● Marcar o próximo encontro e anotar no início do subsídio.
●Outros...

13. BÊNÇÃO
Dirigente: Que o Deus da paz nos faça capazes de cumprir sua vontade, fazendo tudo que é bom, agora e para sempre. Amém!
Dirigente: Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo!
Todos: Para sempre seja louvado!

Canto Final: Hino da CF 2011

                                        1. 
Olha, meu povo, este planeta terra:
Das criaturas todas, a mais linda!
Eu a plasmei com todo amor materno,
Pra ser um berço de aconchego e vida. (Gn 1)
Nossa mãe terra, Senhor,
Geme de dor noite e dia.
Será de parto essa dor?
Ou simplesmente agonia?!
Vai depender só de nós!
Vai depender só de nós!


2.
A terra é mãe, é criatura viva;
Também respira, se alimenta e sofre.
É de respeito que ela mais precisa!
Sem teu cuidado ela agoniza e morre.
3.
Vê, nesta terra, os teus irmãos. São tantos...
Que a fome mata e a miséria humilha.
Eu sonho ver um mundo mais humano,
Sem tanto lucro e muito mais partilha!
4.
Olha as florestas: pulmão verde e forte!
Sente esse ar que te entreguei tão puro...
Agora, gases disseminam morte;
O aquecimento queima o teu futuro.
5.
Contempla os rios que agonizam tristes.
Não te incomoda poluir assim?!
Vê: tanta espécie já não mais existe!
Por mais cuidado implora esse jardim!
6.
A humanidade anseia nova terra. (2Pd 3,13)
De dores geme toda a criação. (Rm 8,22)
Transforma em Páscoa as dores dessa espera,
Quero essa terra em plena gestação




Nenhum comentário: