sábado, 8 de janeiro de 2011

Via Sacra - Primeira Estação Jesus é condenado à morte _ Campanha da Fraternidade 2011

Primeira Estação
JESUS É CONDENADO À MORTE
silêncio e oração pessoal.

Deus santo, Deus forte, Deus imortal, tende piedade de nós!

O cantor entoa:
Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar! Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar! 

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Glória à Trindade santa, glória ao Deus bendito. 

Para a oração, venham com fervor, O Cristo se fez servo, por nós se entregou.
Para mim, viver é Cristo Jesus, Morrer, pra mim, é lucro, minha glória, a cruz!



Dirigente: Nesta Via-Sacra vamos seguir Jesus, enviado pelo Pai para resgatar a criação que geme em dores de parto. Ele veio a esse planeta para trazer vida e iluminar os nossos caminhos e sofrimentos. Que sua graça e ternura estejam com todos vocês!
Todos: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo! 

A cruz é trazida solenemente, ladeada por duas velas acesas. A comunidade canta:
Bendita e louvada seja no céu a divina luz .... 

O dirigente diz, calmamente:
"Se alguém quer me seguir, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me", disse o Senhor. Fiéis a essa palavra, sigamos, agora, os seus passos no caminho da cruz.
Inicia-se a caminhada pelas estações da via-sacra.

Dirigente: Nós vos adoramos, ó Cristo, e vos bendizemos!
Todos: Porque pela vossa santa cruz remistes o mundo! 

Leitor 1: "Pilatos perguntou: 'Que farei com Jesus, que é chamado o Cristo? Todos gritaram: 'Seja crucificado!' Pilatos falou: 'Mas que mal ele fez?' Eles, porém, gritaram com mais força: 'Seja crucificado!' Pilatos viu que nada conseguia, e que poderia haver uma revolta. Então, mandou trazer água, lavou as mãos diante da multidão, e disse: 'Eu não sou responsável pelo sangue deste homem! A responsabilidade é vossa' . O povo todo respondeu: 'Que o sangue dele recaia sobre nós e sobre nossos filhos.' Então Pilatos soltou Barrabás, mandou açoitar Jesus, e entregou-o para ser crucificado" (Mt 27,22-26). 

Leitor 2: Jesus é condenado à morte. Por meio de sua entrega na cruz, Ele nos concede a vida. O pecado que condenou e matou Jesus continua a ferir e matar a obra da criação, dom do Pai. A vida instalada neste planeta sofre pelos maus tratos que nossa civilização impôs ao planeta. Hoje notamos a temperatura aumentar e mudanças climáticas em curso. E, as ocorrências decorrentes das mudanças climáticas, como as fortes chuvas e a desertificação, prolongam o sofrimento de Jesus, especialmente nos mais pobres e indefesos. 

Dirigente : Ó Deus, a cruz de Jesus é o sinal do vosso amor pela vida em todas as suas expressões. Fortalecei-nos neste amor, e zelaremos pela obra da criação, hoje necessitada de cuidado, para que continue a oferecer as condições necessárias para a vida na Terra. Nós vos pedimos em nome de Jesus, nosso Senhor. Amém.

Todos: Ó Maria, Mãe querida, Jesus nos confiou a vós como filhos e filhas. Despertai-nos , para que nos dediquemos com amor ao cuidado para com a vida no planeta.
Canto A morrer crucificado / teu Jesus é condenado / por teus crimes, pecador: (bis) A viver sem o cuidado / o planeta é condenado / ajudai-nos, Deus de amor: (bis)

 Palavra de Deus na vida do povo - CEBs/  diocese de SJCampos - SP

Nenhum comentário: