quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Vai Sacra Campanha da Fraternidade 2011 X Estação Jesus é despido de suas vestes


Décima Estação 
Jesus é despido de suas vestes

Dirigente: Nós vos adoramos, ó Cristo, e vos bendizemos!  
                                                                                                         
Todos: Porque pela vossa santa cruz remistes o mundo!

Leitor 1: "Depois que crucificaram Jesus, os soldados pegaram suas vestes e as dividiram em quatro partes, uma para cada soldado.A túnica era feita sem costura, uma peça só de cima em baixo. Eles combinaram: 'Não vamos rasgar a túnica. Vamos tirar sorte para ver de quem será.' Assim cumpriu-se a Escritura: 'Repartiram entre si as minhas vestes e tiraram a sorte sobre minha túnica" (Jo 19,23-24). 

Leitor 2: Jesus chegou, finalmente, ao monte calvário, o altar do sacrifício. Os soldados agarraram Jesus. Arrancaram-lhe com violência as vestes pegadas às chagas que cobriam todo corpo. Jesus se viu despido, humilhado e exposto ao ridículo diante da multidão irreverente. Teve que sacrificar tudo. Não reteve nada para si. Entregou tudo para poder resgatar tudo para todos. As vestes foram repartidas entre os soldados em quatro partes.
Leitor 3: Em sua vida neste mundo, Jesus renunciou à posse e ao domínio. O domínio pode introduzir a violência na relação entre as pessoas e entre as pessoas e a criação. Se o domínio for exercido de modo tirano destrói a vida. Desumaniza a pessoa, que manipula e escraviza o semelhante e destrói impiedosamente a natureza sem respeitá-Ia. 

Leitor 4: Por renunciar ao domínio, Jesus respeitava a liberdade de todos e o que cada um era de fato. Preocupava-se em fazer crescer a todos mostrando um caminho de justiça e de paz. Por isso, mesmo violentado e despojado de suas vestes, continuou a suplicar ao Pai que venha o Reino onde não haverá mais lágrimas nem choro, porque este é um mundo novo, de irmãos e irmãs. 

Dirigente:Ó Deus, a cruz de Jesus é o sinal do vosso amor por todas as pessoas. Fortalecei-nos neste amor para que possamos nos despojar de todo sentimento de domínio que não permite a vida florescer. Nós vos pedimos em nome de Jesus, nosso Senhor. Amém.

Todos: Ó Maria, Mãe querida, Jesus nos confiou a vós como filhos e filhas. Despertai-nos para que nos dediquemos com amor ao cuidado para com a vida no planeta.

Canto                                                                                                                                                                                                     A morrer crucificado / teu Jesus é condenado /                                                                               
 por teus crimes, pecador: (bis)                                                                                                      
 A viver sem o cuidado / o planeta é condenado /                                                                         ajuda-nos, Deus de amor: (bis)

Nenhum comentário: