domingo, 10 de abril de 2011

QUINTA-FEIRA SANTA




(21/04/11) Ex 12,1-8.11-14; Sl 115,12-16bc.17-18; 1Cor 11,23-26; Jo 13,1-15
Celebração: memória e compromisso
O povo de Israel faz memória dos atos libertadores de Deus ao longo de sua história. A Páscoa israelita é celebração da memória do grande acontecimento do Êxodo. Deus suscita o movimento dos escravizados e os põe em caminhada rumo a uma terra sem males. A graça divina está ligada com a disposição humana. Cada família, unida à comunidade, celebra a libertação num espírito de caminhada e comprometimento (I Leitura). As comunidades cristãs se reúnem frequentemente para celebrar a memória de Jesus morto e ressuscitado por meio da ceia sagrada. Esta deve refletir o relacionamento comunitário baseado na solidariedade, na justiça e na fraternidade. A Eucaristia é a grande graça que proporciona comunhão com o Senhor e com o próximo (II Leitura). Jesus, o Mestre e o Senhor, deixou o exemplo do serviço humilde como caminho de uma sociedade fraterna. Os discípulos devem praticar o que Jesus ensinou, lavando os pés uns dos outros (Evangelho). Nós, como seus seguidores, não podemos quebrar a corrente do amor que une uns aos outros. Como fez Jesus, somos convidados a entregar humildemente a nossa vida, promovendo as condições de vida digna para todos.
Sugestões:
·         Toda a celebração de hoje seja solenizada: Apóstolos, flores, cânticos...
·         Realizar o Lava-Pés de acordo com a Campanha da Fraternidade, destacando os vários serviços em defesa da Terra: pequenos agricultores, movimentos ecológicos, grupos de reflexão...
·         Na Procissão das Ofertas, levar algum símbolo para oferecer ao sacerdote, em comemoração ao dia do Sacerdócio. Na Procissão, também poderão ser trazidos alimentos e roupas para serem doados aos mais necessitados.
·         Hoje, no dia do mandamento do amor fraterno, merece grande destaque à Acolhida e ao Abraço da Paz.
·         Um cântico apropriado para a comunhão é "Eu quis comer esta ceia agora".
·         Organizar grupos para a Adoração do Santíssimo e que se revezem, após a celebração.

Nenhum comentário: