terça-feira, 12 de abril de 2011

Semana dos Povos Indígenas



A mãe terra e os povos clamar pelo "bem viver"
Todos os anos, durante o mês de abril, o Conselho Indigenista Missionário (Cimi), em conjunto com outras entidades de apoio e com as comunidades indígenas, promove a Semana dos Povos Indígenas com o objetivo de fortalecer o debate relativo à causa indígena e buscar políticas que atendam as suas demandas atuais. "Vida para todos e para sempre - A Mãe Terra clama pelo Bem Viver" é o tema desta Semana, que sintoniza com a Campanha da Fraternidade, e nos convida a compreender e contribuir com as lutas dos povos indígenas, de maneira concreta, pela garantia e proteção de suas terras e pela viabilização de políticas voltadas aos seus direitos e necessidades.
O "bem viver" é partilha e destino dos bens da terra para todas as pessoas, é uma nova forma de pensar a economia a partir da socialização e da comunhão, consolidando as relações. Sabemos que para alcançar o "bem viver" é necessário a consolidação de novas formas de relacionamento entre as pessoas, entre povos e culturas e com a natureza. Também é necessário repensar os valores, os conceitos e preconceitos, e as concepções que nos servem de referência na atualidade. Precisamos ter olhos e coração bem abertos para perceber que as diferenças não são ameaçadoras, ao contrário, são uma grande riqueza em termos de possibilidades de existência humana.
O grande ensinamento que os povos indígenas nos têm transmitido, ao longo dos anos, é o de saber conviver com a terra, respeitando-a e dedicando-lhe profundo zelo. Em sua visão, ela é mais que simplesmente terra, é mãe, pois tem a capacidade de fazer germinar a vida e acolhe seus frutos. As lutas dos povos indígenas também nos convocam a assumir a defesa do meio ambiente, reagindo contra os projetos que causam destruição e morte como é o caso das grandes hidrelétricas do Rio Madeira, a de Belo Monte, no rio Xingu e a transposição das águas do rio São Francisco.
Programação da Semana dos Povos Indígenas em Osasco
Dia 08 de abril: Roda de conversa com o Povo Pankararé e alunos do EJA - às 19 horas, na Casa de Angola - Rua Visconde de Nova Granada, 513.
Dia 10 de abril: V Encontro do Povo Pankararé e dos Indígenas da Grande São Paulo, com apresentações culturais, danças do praiá, do toré e samba de roda Pankararé, exposições de fotos, comercialização de produtos indígenas, alimentação tradicional Pankararé e oficinas com crianças - das 9 às 17 horas, na Casa de Angola - Rua Visconde de Nova Granada, 513.
Dias 11 a 19 de abril: Exposição e comercialização de produtos indígenas, fotos e vídeos, danças e apresentações culturais - das 10 às 22 horas. No Osasco Plaza Shopping - Rua Tenente Avelar Pires de Azevedo, 81, centro de Osasco.
Vamos participar e apoiar os indígenas que vivem na Grande São Paulo e que seguem nas lutas por dignidade e vida plena!
* Beatriz C. Maestri e Vanessa Ramos - Conselho Indigenista Missionário - Cimi, Grande São Paulo.
Fonte: Cimi SP

Nenhum comentário: