segunda-feira, 5 de março de 2012

ORIENTAÇÕES PARA DINAMIZAR O MÊS DE CONSCIENTIZAÇÃO:



• A proposta deste ano é falarmos sobre o cuidado para com as crianças e utilizaremos a simbologia
das flores para esta mensagem. Portanto, a cada domingo entrarão flores de diversos tipos,
aromas, tamanhos, representando a diversidade de nossas crianças Utilize sempre flores vivas
pois não é litúrgico o uso de flores artificiais.

1º Domingo: 03 de Julho de 2011 – 14º DOMINGO DO TEMPO COMUM
Ação de Graças: Partilhando aprendemos a aliviar os cansados e aflitos.
• O Cartaz entrará no 1º domingo, na procissão de entrada e deverá permanecer em local visível,
previamente escolhido, durante todo o mês. Ele pode ser ampliado, ou transformado em banner, de
acordo com livre escolha e criatividade das equipes envolvidas.
• Daremos início à dinâmica do mês que, como de costume, ocorrerá durante os ofertórios. Num
primeiro momento entraremos com o um carrinho de mão onde será montando, domingo a
domingo, um canteiro de flores que chamaremos de “Jardim do Senhor”. Caso não seja possível
utilizar o carrinho de mão sugerimos um tablado de madeira, jardineira ou outro material que
prefiram. O tamanho deste canteiro deverá ser proporcional ao tamanho da Igreja para que todos
consigam notá-lo. Atenção: liturgicamente não deve ficar à frente da mesa do altar. Prefira um
local com visibilidade para todos.
• Nesta celebração o tema se liga às crianças bem pequenas nesta sua característica principal da
total dependência nas necessidades fundamentais como vestir, comer, beber. Nesta analogia
entraremos com sacos de terra representando o alimento das plantas e faremos a base onde serão
“plantadas” as nossas flores nos próximos domingos. Ficará bonito na entrada do carrinho de mão
colocarmos crianças dentro dele com os saquinhos de terra.

2º Domingo: 10 de Julho de 2011 – 15º DOMINGO DO TEMPO COMUM
Ação de Graças: Como a Palavra que sempre germina, mas precisa ser anunciada as crianças aprenderão
o certo com o exemplo dos pais.
• Neste domingo o tema são as crianças e o exemplo de seus pais. Sabemos que cabe aos adultos,
sobretudo ao pai e a mãe, esta missão de formadores dos menores. Para esta simbologia teremos
a figura do jardineiro com suas ferramentas como os pais com seu exemplo de vida para o perfeito
crescimento de nossas crianças e a entrada das primeiras flores, lembrando a fragilidade dos
pequenos.

3º Domingo: 17 de Julho de 2011 – 16º DOMINGO DO TEMPO COMUM
Ação de Graças: O mal existe mas a ação de cuidar pode transformá-lo.
• Hoje fazemos memória do problema das crianças sem família, desestruturadas por viverem em
lares problemáticos e todas as conseqüências que trazem esta triste realidade social. Para
representar utilizaremos plantas e flores que num primeiro momento podem parecer perigosas mas
que não deixam de ser flores, como exemplo o cactos.

4º Domingo: 24 de Julho de 2011 – 17º DOMINGO DO TEMPO COMUM
Ação de Graças: O cuidar passa pelo ato de partilhar e requer a coragem de se fazer esta escolha.
• Nesta refletiremos a importância de uma boa educação cristã para o perfeito desenvolvimento das
crianças. Neste processo trazemos as equipes de catequistas em todas as suas fases de idade.
Também são estas as pessoas responsáveis pelos primeiros passos das crianças no discipulado
de Jesus. Para representá-los sugerimos plantas maiores, mais robustas.

5º Domingo: 31 de Julho de 2011 – 18º DOMINGO DO TEMPO COMUM
Ação de Graças: Movidos pelo Mestre aprendemos a cuidar uns dos outros partilhando o pão.
• Teremos a festa de encerramento do mês com a tradicional partilha de um gostoso café da manhã
ou lanche, gentilmente oferecidos pela comunidade, a todos os participantes, neste espírito de vida
em comum. Para o ofertório traremos mais flores de cores fortes, vibrantes, representando a
riqueza da vida comunitária com todo seu entusiasmo e símbolos de transformação como cartão de
vacinação, carnê ou carteirinha do dízimo mirim, livros de catequese, Catecismo e algumas
palavras como DIÁLOGO, FAMILIA, UNIÃO, SOLIDARIEDADE. Para entregá-las durante oofertório ficará bonito convidarmos crianças e pessoas da comunidade de diferentes idades, sexo,
quem não participa de nenhum serviço mas que estão presentes na vida da comunidade.
• Ao final do mês o canteiro estará repleto de flores, lindas e coloridas e após o encerramento do
mês de conscientização podemos oferecer estas flores para os aniversariantes do mês (caso sejam
em número suficiente) ou mesmo para alguns membros que mereçam um destaque ou uma
homenagem, aos catequistas por exemplo.
Outras Sugestões Práticas:
A catequese prepare cofrinhos para serem entregues ás crianças e adolescentes no primeiro
domingo
• Preparar lembrancinhas com formato de flores, coloridas, alegres, para serem distribuídas durante
os domingos de Julho, com mensagens direcionadas para os temas dízimo, cuidar, crianças,
catequese, família.
• Promover visitas às famílias, levando mensagens reflexivas sobre a mensagem da partilha para as
crianças. Convidando os pais a fazerem o cadastro das crianças no Dízimo Mirim.
• Confecção de uma faixa a ser colocada na rua próxima à comunidade.
• Em cada celebração, sugerimos o canto de duas músicas relacionadas ao dízimo.
• Que a comunidade use de criatividade e seriedade para esse tempo de conscientização do
dízimo, dando a devida importância ao tema e ao compromisso de todos.
Buscar envolver ao máximo as crianças, adolescentes e jovens durante os domingos nos diversos
momentos da celebração.

Fonte: diocese de Cachoeiro

Nenhum comentário: