segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Celebração em comunhão ao Encontro Estadual do CEBs - 2012 - Diocese de Chapecó




Celebrar a Vida
Dia 09 de Setembro de 2012
Celebração da Palavra – Ano B – Cor: verde
23º Domingo do tempo comum

“Jesus faz bem todas as coisas”.

RITOS INICIAIS
Anim.: Que alegria nos encontramos em comunidade para celebrar a nossa vida, escutar a Palavra de Deus e alimentar-nos da Eucaristia. Queremos também entrar em sintonia com todos os participantes do 11º Encontro Estadual das Comunidades Eclesiais de Base, que esta acontecendo em Florianópolis com o tema: “Justiça e Profecia a Serviço da vida”. Que o Espirito das CEBs inunda o nosso coração.  Iniciamos a celebração cantando nº____

Saudação inicial
Pres.: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Ass.: Amém.
Pres.: A graça de nosso Senhor Jesus Cristo que nos convida a viver em comunidade, o amor de nosso Deus que nos recria, em comunhão com o Espírito Santo estejam convosco.
Ass.: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

Ato penitencial
Pres.: Mergulhemos no coração misericordioso de nosso Deus que nos recria sempre quando buscamos seu perdão. Após cada pedido cantemos:
Senhor piedade, Senhor piedade, Senhor piedade, piedade de nós.

Pres.: Pelas vezes que somos cegos frente às injustiças cometidas, cantemos:

Pres.: Pelas vezes que nossa língua não anuncia a Boa notícia do reino, cantemos:

Pres.: Pelas vezes que nossa comunidade não se empenha no serviço da vida, cantemos:

Pres.: Deus que nos ama e nos quer bem, tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza a vida eterna.
Ass.: Amém.

Gloria
Anim.: Glorifiquemos a Deus pelos sinais bonitos que nossa comunidade pratica e que nos identificam com a comunidade dos discípulos de Jesus. Glorificamos pela Palavra de Deus que fortalece o Espírito das CEBs. Entusiasmados cantemos nº____

Oremos
Pres.: Deus da vida e do amor, Pai de Jesus e Pai nosso, Santíssima Trindade, a melhor comunidade abençoai as nossas CEBs. Ajudai-nos a reacender sempre mais a nossa paixão pelo Reino, no seguimento de Jesus, na opção pelos pobres, na luta pela justiça e no serviço da vida. Por nosso Senhor, Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.
Ass.: Amem.

LITURGIA DA PALAVRA
 Anim.: A Palavra de Deus é luz para nossa Igreja. Ela é lâmpada para nosso caminhar, para nossa prática pastoral. Ela abre nossos ouvidos, nossos olhos, nosso coração para o Serviço. Ouçamos com atenção o que ela nos diz:

1ª Leitura
Isaías 35,4-7a

Salmo 145
Refrão: Bendize, ó minha alma ao Senhor. Bendirei ao Senhor toda a vida!

1 - O Senhor é fiel para sempre, * faz justiça aos que são oprimidos; ele dá alimento aos famintos, * é o Senhor quem liberta os cativos.

2 - O Senhor abre os olhos aos cegos * o Senhor faz erguer-se o caído; o Senhor ama aquele que é justo * É o Senhor quem protege o estrangeiro.

3 - Ele ampara a viúva e o órfão * mas confunde os caminhos dos maus. O Senhor reinará para sempre! + Ó Sião, o teu Deus reinará * para sempre e por todos os séculos!

2ª Leitura
Tiago 2,1-5

Aclamação ao Evangelho

Aleluia, aleluia, aleluia.
Jesus Cristo pregava o Evangelho, a boa notícia do Reino e curava seu povo doente de todos os males, sua gente!

Marcos 7,31-37

Pistas para reflexão
A Palavra de Deus orienta sempre nossa vivencia comunitária. Ela nunca deve ser esquecida, deixada em segundo plano. Foi assim que o Espírito da CEBs nasceu e continua soprando naqueles que seguem o sonho de Jesus de fazer acontecer o Reino de Deus. Esta Palavra sempre deve recriar, trazer esperança e vida com o nosso Serviço.
No Evangelho de hoje Jesus continua sua missão junto com os mais pobres, doentes, escravizados da sociedade. Trazem para ele um homem surdo e que falava com dificuldade. Isso demonstra que o homem nasceu bom e foi se tornando surdo e mudo. Jesus se retira da presença da multidão com a pessoa enferma para que ninguém enxergasse o milagre, pois o povo andava somente atrás dos milagres e não da Palavra de Jesus e de seus ensinamentos.
Jesus faz a imposição das mãos. Isso era pedir o poder Divino. Ele se aproxima, toca e olha para o céu e pede: “Abra-te”. A palavra de Jesus recria uma nova pessoa. Podemos lembrar da criação de Deus em Gêneses 1,31 (a Palavra de Deus que cria o ser humano).
O que Jesus quer nos ensinar é que as pessoas devem ser livre para anunciá-lo, escuta-lo. Não podemos estar surdos à palavra de Jesus, da Igreja. A Palavra de Jesus é algo novo que veio não somente para os judeus, mas para os pagãos também, para os pecadores, para todos.
A segunda leitura de Tiago adverte a comunidade para não fazer diferença entre pessoas e nem julgar a ninguém. A comunidade deve ser o lugar do pobre, lugar do encontro com Deus, com Jesus. A comunidade é o lugar da partilha e não do privilégio de alguns, do favoritismo pessoal. Nossa fé tem que ser em Jesus Cristo. Isso é importante, a nossa comunidade existe porque primeiro existiu o espírito de Jesus que impulsionou sua organização.
Na primeira leitura do profeta Isaías vê a comunidade sendo explorada pelo império, pelos poderosos. O profeta anuncia o julgamento de Deus para aqueles que exploram o povo e anuncia a esperança.  Dentro desta opressão a comunidade encontra a força e esperança em Deus. “Digam aos corações desanimados: Sejam forte! Não tenham medo... Deus vem salvar vocês...” Esta esperança em Deus nunca deve desaparecer de nosso horizonte, de nossos sonhos. Deus quer que a justiça seja completa para todos.

Creio

Preces
Pres.: Confiemos em nosso Deus, no qual apresentamos nossas preces para que Ele nos escute e ajude-nos em nossas fraquezas. Rezamos após cada pedido.
Deus da justiça atenda-nos.
1.                  Deus envie seu espírito para que possamos sempre nos livrar de nossas cegueiras diante das injustiças, rezemos.
2.                  Aumentai Senhor em nós a humildade e o espírito do serviço comunitário, rezemos.
3.                  Para que não haja diferenças entre pessoas em nossa comunidade, rezemos.
4.                  Deus ilumine todos os participantes do encontro das CEBs e nos fortaleça neste mesmo espírito, rezemos.
5.                  Outras preces.
Pres.: Atendei Senhor o clamor de tua comunidade que na unidade buscam construir o Reino de amor, paz e justiça. Por Cristo, nosso Senhor.
Ass.: Amém.

RITO DE LOUVOR
(O/a Presidente traz o Pão Consagrado do sacrário até o altar, canta-se o refrão eucarístico).
Coleta

Pres.: O Senhor esteja convosco.
Ass.: Ele está no meio de nós.
Pres.: Corações ao alto.
Ass.: O nosso coração está em Deus.
Pres.: Demos graças ao Senhor, nosso Deus.
Ass.: É nosso dever e salvação.

Pres.: Nós vos louvamos Senhor Deus, nosso Pai e Mãe, por tua infinita bondade e pelas maravilhas realizadas em favor de todos nós, teus filhos.

Ass.: Cheios de alegria, louvemos ao Senhor!

Pres.: Nós te damos graças ó Senhor porque sempre demonstraste tua opção em favor da vida, especialmente da vida mais ameaçada. Nós te damos graças porque, ao nos criares à tua imagem e semelhança, colocaste em nosso coração o senso de justiça e a preocupação pela defesa na vida desde a sua concepção até o seu final.

Ass.: Cheios de alegria, louvemos ao Senhor!

Pres.: Nós te louvamos ó Deus por este pão consagrado que nos alimenta e nos fortalece na caminhada de construção do teu reino que é o reino da verdade e da vida, da santidade, da graça, da justiça, do amor e da paz.

Ass.: Cheios de alegria, louvemos ao Senhor!

Pres.: Nós te louvamos Deus eterno e todo poderoso por todos os cristãos batizados que a exemplo de nossos pastores: o nosso papa..., o nosso Bispo..., os nossos padres e todas as nossas lideranças leigas evangelizam o teu povo orientando-o na busca de um mundo melhor.

Ass.: Cheios de alegria, louvemos ao Senhor!

Pres.: Nós te louvamos por teu Filho crucificado, que derramou seu sangue para nos purificar do pecado e nos santificou para participarmos de sua eterna glória junto a nossos irmãos/ãs falecidos (lembrar os nomes) que te louvam eternamente.

Ass.: Cheios de alegria, louvemos ao Senhor!

RITO DA COMUNHÃO
Pres.: Com Jesus juntemos nossas mãos e rezemos à oração da unidade dos filhos e filhas de Deus: Pai Nosso...

Oração da paz
Abraço da paz

Comunhão
Pres.: “Ele tem feito bem todas as coisas: aos surdos faz ouvir e aos mudos falar”. Felizes os convidados para a ceia do Senhor. Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.
Ass.: Senhor eu não sou digno...  

Anim.: Jesus faz os surdos ouvir e os mudos falar. Vamos ao seu encontro na Eucaristia cantando nº____

Oração pós comunhão
Pres.: Ó Deus, nesta celebração, vosso povo de alimenta na mesa da vossa Palavra. Que este alimento nos faça ter forças para viver unidos a Jesus Cristo na terra e também no céu. Por Cristo, nosso Senhor.
Ass.: Amém.

RITOS FINAIS
Comunicados da comunidade

Bênção final

Pres.: Deus dos pobres e oprimidos, venha ao nosso socorro, derrame sua bênção sobre todos teus filhos queridos que clamam por justiça: em nome do Pai, do Filho e Espírito Santo.
Ass.: Amém.

Pres.: Ide em paz e que o Senhor, nosso Deus sempre vos acompanhe.
Ass.: Graças a Deus.

Nenhum comentário: