quarta-feira, 9 de maio de 2012

MISSA E CELEBRAÇÃO DA PALAVRA PARA O DIA MUNDIAL DAS COMUNICAÇÕES


ROTEIRO PARA MISSA E CELEBRAÇÃO DA PALAVRA PARA O 
DIA MUNDIAL DAS COMUNICAÇÕES
20 de maio de 2012
SOLENIDADE DA ASCENSÃO DO SENHOR
Lembretes:
  • O Círio Pascal, sinal do Cristo ressuscitado e luz do mundo, deve estar presente, devidamente enfeitado com flores naturais e em lugar de destaque.
  • A cor litúrgica deste dia é o branco, ou mesmo o multicolorido, expressando o espírito de festa próprio do tempo.
  • As velas do altar deverão estar acesa antes do refrão contemplativo
Celebração da Palavra de Deus
Acolhida: nas portas 
Refrão contemplativo:
“Louvarei a Deus, seu nome bendizendo! Louvarei a Deus, à vida nos conduz” nº 75/45.
Acendimento do Círio Pascal – (Após o refrão contemplativo) – dizendo:

“Bendito sejas, Deus da vida, pela ressurreição e ascensão de Jesus Cristo e por essa luz radiante. Ele, subindo ao Pai, nos enviou o Espírito Santo”.
Sentido da celebração 
Animador(a)
          Fazemos memória da Ascensão do Senhor aos céus, entramos no sentido mais profundo de sua ressurreição e da missão que Ele nos confiou. Porque Ele se fez Servo, o Pai o elevou como Senhor de tudo e de todos.
          Damos graças a Deus por este erguimento, por esta divina elevação de todo o universo com Jesus e por esta certeza de que todas as pessoas são com Ele, elevadas e introduzidas na intimidade plena e definitiva de Deus.
          Neste 46º Dia Mundial das Comunicações Sociais, com o tema: “Silêncio e Palavra, caminho de Evangelização”, Bento XVI explica que as relações entre o silêncio e palavra são dois momentos da comunicação que se devem equilibrar, alternar e integrar entre si para se obter um diálogo autêntico e uma união profunda entre as pessoas”.
          Iniciamos hoje, a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos, incluída na novena de Pentecostes. Com Maria e com os apóstolos, suplicamos e aguardamos a força do alto conforme a promessa de Jesus. Fazemos isso, em comunhão com todas as Igrejas Cristãs que desejam e trabalham para que o mundo  melhor.
Procissão de entrada: incenso, cruz, lecionário, ministros e ministras.
Canto de abertura: Cristo ressuscitou! nº 254
Sinal da cruz 
 Saudação: Cristo ressuscitou, verdadeiramente ele ressuscitou! Aleluia!
Abraço da paz: todos se saúdam dizendo: “O Senhor ressuscitou, verdadeiramente!”
Recordação da vida 
Animador(a):
Recordamos 
    • A 50ª Assembleia Geral dos Bispos, em Aparecida (SP) do dia 18 a 26 de abril; com o tema “A Palavra de Deus na vida e na missão da Igreja”
  • 13º Mutirão de Comunicação em Arrozal, com o tema : “A Comunicação e as Emoções Positivas”
  • A Diocese  de Barra do Piraí/Volta Redonda nesses 90 anos de caminhada está presente no mundo das comunicações sociais através do jornal O DIOCESANO, do Programa Estação Vida ao sábado pela rádio Sul Fluminense, pela internet através  do site e pelo jornal da Rede Vida – JCTV.
Leitura da mensagem do Papa Bento XVI (resumo – pode ser lida por duas pessoas).
 Ato penitencial substituído pela aspersão: Enquanto se asperge a assembléia, pode entoar o canto – Eu vi foi água a manar nº 846 ou – Banhados em Cristo nº 848.
Hino de louvor: – Glória das comunidades nº 26.
Oração inicial 
Dirigente: Deus das promessas, nós contemplamos o teu Filho muito amado, subindo hoje ao mais alto dos céus na certeza da vitória da humanidade contra todo mal e injustiça. Dá-nos a plenitude dos dons que ele nos prometeu, e o privilégio de podermos penetrar em tua luz e gozar da alegria da tua presença. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.
Refrão para a escuta da Palavra de Deus:  Senhor que a tua Palavra... nº 409/05 ou 06
(É Deus que nos fala através das leituras proclamadas, por isso é bom criar momentos de silêncio entre elas, proporcionando assim o diálogo com o Senhor).
1ª Leitura: Atos dos Apóstolos 1,1-11
Salmo de resposta 47(46) Por entre aclamações Deus se elevou, o Senhor subiu ao toque da trombeta”
2ª Leitura: Efésios 1,17-23
Canto de aclamação ao Evangelho: nº. 267 – estrofe 14. (sendo a estrofe cantada pelo salmista ou pelo animador(a) do canto).
Proclamação do EvangelhoMarcos 16,15-20
Homilia 
Profissão de fé 
Preces da assembleia – Oremos a Cristo, que ressuscitado subiu aos céus e agora intercede por nós.
Resposta cantada: “Escuta-nos, Senhor da glória!
    • Senhor, que sejamos revestidos pela força do alto para testemunhamos sua presença no mundo. Nós vos pedimos. 

    • Pai querido, que as Igrejas cristãs do mundo inteiro caminhem na unidade e que haja diálogo entre todas as religiões e culturas, em vista da construção da paz e da defesa de toda a criação. Nós vos pedimos.
    • Senhor, se Deus fala ao homem no silêncio, ajuda-nos a descobrir no silêncio a possibilidade de falar com Deus. Nós vos pedimos

    • Deus de amor, fortalece a todos os profissionais e usuários dos Meios de Comunicações Sociais a promoverem uma cultura que respeite a dignidade e o valor da pessoa humana. Nós vos pedimos
    • Pai querido, ilumina os jovens que estão vivendo esta mudança da comunicação, com todas as ansiedades, as contradições, para que eles descubram a importância dos meios de comunicação na divulgação da Jornada Mundial da Juventude. Nós vos pedimos.
Coleta fraterna: (é o momento de trazer donativos ou oferta em dinheiro para as necessidades da comunidade.) Canto - Eu creio num mundo novo! nº 276
Da Palavra à refeição:
Dirigente: Irmãos e irmãs trazemos o pão consagrado, que é sinal da presença viva do Senhor, da vida que ele entregou por todos nós. Demos graças a Deus pela santa ressurreição de Jesus, que nos dá a esperança de uma vida nova.
Entrada do pão consagrado – Refrão: Pão em todas as mesas, da páscoa nova a certeza, a festa haverá e o povo a cantar, aleluia! (todos se inclinam por breve instante).
Dirigente: Que motivos temos para dar graças a Deus?
(todos são convidados a expressarem agradecimentos espontâneos)
Dirigente: Neste pão consagrado expressamos nosso desejo de sermos unidos em Jesus e de vermos brilhar em nossa humanidade o resplendor da sua páscoa. Toda a nossa louvação chegue a Ti, em nome de Jesus, por quem oramos com as palavras que ele nos ensinou:
Pai nosso... pois vosso é o reino, o poder e a glória para sempre.
Após o Pai nosso, o(a) ministro(a) extraordinário da comunhão convida a comunidade para a comunhão, dizendo:
Assim disse Jesus: “Eu sou o pão da vida, quem vem a mim nunca mais terá fome e o que crê em mim nunca mais terá sede”.
(mostrando o pão consagrado, diz:)
Eis o Cordeiro de Deus, aquele que tira o pecado do mundo!
Senhor, eu não sou digno(a)...
Partilha do Pão consagrado – canto – nº 291
 Oração final –
Dirigente: Ó Deus, te bendizemos pela alegria deste encontro contigo e com os irmãos em Jesus ressuscitado, hoje elevado aos céus. Ajuda-nos a viver nesta terra como testemunhas de sua presença e continuadores de sua missão. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.
Comunicações necessárias: 
Bênção 
Dirigente: O Deus da vida, que pela força materna do seu Espírito, ressuscitou Jesus dos mortos, ressuscite-nos desde já para uma vida nova. A Ele a glória e o louvor para sempre. Amém, aleluia!
Abençoe-nos o Deus que é Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!
Vamos em paz, sendo testemunhas da ressurreição, e que o Senhor nos acompanhe.
Graças a Deus.