sábado, 21 de novembro de 2015

2º dia da novena de Natal 2015: Resgatar a dignidade dos filhos de Deus

PREPARANDO O AMBIENTE: Bíblia, símbolo da novena, vela, recortes de jornais
e revistas, que nos mostrem a realidade que precisamos mudar.

1. ORAÇÃO INICIAL.
 “Natal de Jesus, Esperança para a humanidade”
Dirigente: Iniciemos nosso encontro recordando o sinal do batismo.
Todos: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém!
Dirigente: A graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai e a comunhão do Espírito
Santo estejam sempre conosco!

CANTO DE ABERTURA.
https://youtu.be/QvtHFecpdyk
- Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar! (bis)
Vem, não demores mais, vem nos libertar! (bis)
- Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo Espírito! (bis)
Glória a Trindade Santa, glória ao Deus Bendito! (bis)
- De pé, vigilantes, lâmpadas nas mãos! (bis)
Ele já está bem perto, nossa Salvação! (bis)
- Aleluia, irmãs, aleluia irmãos! (bis)
Nosso Senhor vem vindo, a Deus louvação! (bis)


Dirigente: Bendito seja Deus, que ilumina com a Luz de Jesus Cristo, seu Filho, nossa
vida, nossa casa, nossa comunidade, nosso bairro, nossa cidade e todas as realidades que
nos cercam. Recordemos estas realidades que desejamos abençoar neste momento de
oração e peçamos a graça de preparar um Natal com compromissos que tragam mais vida,
mais amor.

Dirigente: Rezemos o Ângelus com o coração agradecido à nossa Mãe Santíssima, que
ao dizer sim a Deus, ofereceu a toda humanidade a certeza do amor.
Dirigente: O Anjo anunciou a Maria.
Todos: E ela concebeu do Espírito Santo. Ave Maria...
Dirigente: Eis aqui a escrava do Senhor.
Todos: Faça-se em mim segundo a vossa Palavra. Ave Maria...
Dirigente: E o Verbo se fez carne.
Todos: E habitou entre nós. Ave Maria...
Dirigente: Ó Deus de bondade, olha o teu povo reunido nesta Novena de Natal. Dá-nos
a graça de acolher com muita alegria nosso Senhor Jesus Cristo que vem e, anunciar com
nossa vida o mistério de sua encarnação em nossa humanidade. Por Cristo, nosso Senhor.
Amém.

CANTO:
Nossa novena será abençoada, pois o Senhor vai derramar o seu amor.
Derrama, ó Senhor, derrama, ó Senhor.
Derrama sobre nós o teu amor.
Todos: Deus de amor e de ternura, Senhor da vida e da história, nós te louvamos e
bendizemos, porque nos amaste desde toda a eternidade e nos chamaste para fazer parte
do teu povo escolhido.





2. OLHANDO A REALIDADE.Dirigente: Os mais pobres muitas vezes são ignorados, esquecidos, deixados de lado, desprezados pela sociedade.
Leitor(a) 1: Diante dos pobres a comunidade não pode deixar-se levar pelos
pecados da sociedade. O pecado social é o abandono dos pobres, dos excluídos.
Leitor(a) 2: A comunidade cristã precisa ter uma atitude evangélica diante dos
pobres e excluídos, a mesma atitude de Jesus: a preferência pelos pobres e excluídos,
por isso a comunidade faz opção pelos pobres e excluídos.
Leitor(a) 3: É preciso buscar os mais pobres, os esquecidos, os sem voz e sem
vez, os desempregados, os excluídos da sociedade. São eles que precisam dos serviços
da comunidade.
Todos: Natal é tempo de conversão. Tempo de construir um mundo mais irmão.
Leitor(a) 1: O serviço aos mais pobres e excluídos atende a três níveis, conforme
as circunstâncias: assistência imediata é o primeiro passo, mas que não muda
a condição, é dar o peixe. Promoção é um segundo passo, melhora a condição de
vida, mas não muda o sistema, é ensinar a pescar. Libertação é o passo mais avançado,
procurando combater na sociedade o que gera a pobreza, a marginalização e
a exclusão. É garantir o direito de pescar.
Todos: Natal é tempo de conversão, tempo de construir um mundo mais irmão.

3. HINO: Projeto de Deus – cantado ou rezado
https://www.youtube.com/watch?v=KIOQ4cfsM8Q

1- O projeto de Deus é fartura na mesa. O projeto de Deus não gera pobreza.
O projeto de Deus é que haja a partilha de toda riqueza. (2x)
2- O projeto de Deus é amor e bondade. O projeto de Deus á a fraternidade.
O projeto de Deus é que haja a igualdade na sociedade. (2x)
3- O projeto de Deus é terra pra todos. O projeto de Deus é casa pra todos.
O projeto de Deus é o fim do sistema que oprime o seu povo. (2X)
4- O projeto de Deus não está concluído. O projeto de Deus é seu reino implantado.
O projeto de Deus com as mãos de nós todos será realizado. (2X)

4. ACOLHENDO A PALAVRA DE DEUS.
Canto de acolhida à Palavra.
Ler pausadamente: Lucas 1, 26-31.
(Breve silêncio para que a Palavra nos toque o coração e a mente)

5. MOMENTO DA PARTILHA.
a- O coração de Maria foi um lugar acolhedor do projeto de Deus. Comentar.
b- O jeito de agir da nossa comunidade ajuda a formar um povo a sair da escravidão?
Que escravidão? Dar exemplos.
c- Quais são os sinais do cuidado de Deus para com a nossa comunidade?

6. GESTO CONCRETO.
Dirigente: O que podemos fazer para que nossa comunidade, nosso bairro,
nossa rua sejam sinais de Luz e exemplos a serem seguidos?
- Conversar sobre a possibilidade de formar um grupo para pensar e trabalhar
uma missão transformadora em 2016.

7. A PALAVRA SE FAZ ORAÇÃO (PRECES).
Dirigente: A oração é da comunidade e é de cada um. Tiramos do chão da vida
o assunto para conversar com Deus. Louvamos e agradecemos ao Pai pelo bem
que Ele nos faz. Pela força que Ele nos dá para enfrentar os problemas na busca de
uma vida melhor, plena de amor. Agradeçamos a Deus por seu imenso amor por
nós! Agradeçamos ao Senhor Deus da vida pela graça deste encontro.
Todos: Bendito seja Deus!
Dirigente: Por tudo que tens feito por cada um de nós e por nossas famílias:
Dirigente: Pela força com que nos capacita para enfrentar as adversidades da vida:
Dirigente: Pela comunidade que temos, por nosso país, pela nossa Igreja:
Preces espontâneas... Pai Nosso... Ave Maria...

8. AVISOS/ COMEMORAÇÕES.
Convidar mais pessoas para participarem, lembrar os que não puderam participar
hoje. Preparar o terceiro dia da novena.

9. ORAÇÃO FINAL / BÊNÇÃO.
Dirigente: Ó Mistério, escondido há séculos nos céus, aos fiéis fostes um dia
revelado, e dos cegos os olhos recobrados, já se firmam do coxo os passos seus, faz
o pobre escutar a voz de Deus, vem levanta os humilhados, ó, ó, ó.
Todos: Vem, ó Filho de Maria, o amanhã já se anuncia, quanta sede, quanta
espera, quando chega, quando chega aquele dia?
Dirigente: Deus da compaixão, do carinho, do cuidado, sejamos também com passivos, cuidadores e carinhosos com nossos irmãos. Conceda-nos a graça de sermos
fraternos em seu amor. Que assim seja! Amém!
Dirigente: Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!
Todos: Para sempre seja louvado!
CANTO FINAL.
Fonte: Subsidio das CEBs diocese de São José dos Campos - SP



Nenhum comentário: