sábado, 21 de novembro de 2015

4º dia da novena de Natal 2015 - "A serviço da vida: abraçar a fé a coragem a missão"

Ambiente: Colocar a Bíblia em lugar de destaque, velas, flores e símbolos natalinos que a família
goste.

1. ORAÇÃO INICIAL.
“Natal de Jesus, Esperança para a humanidade”
Dirigente: Iniciemos nosso encontro recordando o sinal do batismo.
Todos: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém!
Dirigente: A graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai e a comunhão do Espírito
Santo estejam sempre conosco!
CANTO DE ABERTURA.
https://www.youtube.com/watch?v=QvtHFecpdyk

- Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar! (bis)
Vem, não demores mais, vem nos libertar! (bis)
- Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo Espírito! (bis)
Glória a Trindade Santa, glória ao Deus Bendito! (bis)
- De pé, vigilantes, lâmpadas nas mãos! (bis)
Ele já está bem perto, nossa Salvação! (bis)
- Aleluia, irmãs, aleluia irmãos! (bis)
Nosso Senhor vem vindo, a Deus louvação! (bis)

Dirigente: Bendito seja Deus, que ilumina com a Luz de Jesus Cristo, seu Filho, nossa
vida, nossa casa, nossa comunidade, nosso bairro, nossa cidade e todas as realidades que
nos cercam. Recordemos estas realidades que desejamos abençoar neste momento de
oração e peçamos a graça de preparar um Natal com compromissos que tragam mais vida,
mais amor.

Dirigente: Rezemos o Ângelus com o coração agradecido à nossa Mãe Santíssima, que
ao dizer sim a Deus, ofereceu a toda humanidade a certeza do amor.
Dirigente: O Anjo anunciou a Maria.
Todos: E ela concebeu do Espírito Santo. Ave Maria...
Dirigente: Eis aqui a escrava do Senhor.
Todos: Faça-se em mim segundo a vossa Palavra. Ave Maria...
Dirigente: E o Verbo se fez carne.
Todos: E habitou entre nós. Ave Maria...
Dirigente: Ó Deus de bondade, olha o teu povo reunido nesta Novena de Natal. Dá-nos
a graça de acolher com muita alegria nosso Senhor Jesus Cristo que vem e, anunciar com
nossa vida o mistério de sua encarnação em nossa humanidade. Por Cristo, nosso Senhor.
Amém.
CANTO:
Nossa novena será abençoada, pois o Senhor vai derramar o seu amor.
Derrama, ó Senhor, derrama, ó Senhor.
Derrama sobre nós o teu amor.
Todos: Deus de amor e de ternura, Senhor da vida e da história, nós te louvamos e
bendizemos, porque nos amaste desde toda a eternidade e nos chamaste para fazer parte
do teu povo escolhido.

2. OLHANDO A REALIDADE - Experiência de Vida.
Dirigente: Em uma cidade do interior de São Paulo, Helena, enfermeira, trabalhadora,
formou uma linda família. Quando seu filho completou 18 anos, Helena
pensou que sua missão de mãe estava se completando. O rapaz frequentava a
faculdade, tinha bom emprego e estava namorando. Helena já se imaginava como
avó, segurando novamente nos braços um bebê. Então, aconteceu uma tragédia:
o filho único morreu num acidente de carro. Helena e o marido ficaram desolados.
Leitor(a) 1: Helena pediu muito a Deus que a ajudasse a aceitar esta situação,
tão absurda. O que vai ser de mim agora, como mãe? Em seu trabalho como enfermeira,
percebeu como muitas adolescentes grávidas vinham para fazer o acompanhamento
pré-natal. Certo dia, encontrou uma delas sentada no banco de espera.
Aproximou-se e olhou-a nos olhos.
Leitor(a) 2: Não precisou muita conversa para perceber como a menina de 14
anos estava confusa e desamparada. O namorado não assumiu a paternidade. Os
pais queriam expulsá-la de casa. Não tinha emprego nem condições de preparar o
enxoval do futuro bebê. De repente, Helena redescobriu sua vocação de mãe: ela
iria ajudar a menina a reconstruir sua vida. Na semana seguinte começou a concretizar
o novo sonho de mãe.
Leitor(a) 3: Dedicou um tempo semanal para escutar as mulheres grávidas e
ajudá-las. Conversou com algumas amigas, criou um mutirão para recolher material
reutilizado para bebês, como berços e carrinhos. A iniciativa se consolidou com
uma Associação de proteção às adolescentes e mulheres grávidas na sua cidade.
Atualmente, já aposentada, Helena diz: “hoje sou a mãe de muitas mulheres que
precisam. Aprendi a tratá-las não como coitadinhas, mas como pessoas que merecem
ser valorizadas. A associação é uma comunidade de mulheres que se ajudam.
Quem já passou pela experiência, fortalece as outras.”

3. HINO: Mãe do Céu Morena - cantado ou rezado.
https://www.youtube.com/watch?v=QvtHFecpdyk

1- Mãe do Céu Morena, Senhora da América Latina, de olhar e caridade tão divina,
de cor igual a cor de tantas raças. Virgem tão serena, Senhora destes povos tão
sofridos / Patrona dos pequenos e oprimidos / Derrame sobre nós as tuas graças.
2- Derrama sobre os jovens tua luz / Aos pobres vem mostrar o teu Jesus / Ao
mundo inteiro traz o teu amor de Mãe./ Ensina a quem tem tudo a partilhar/ Ensina
quem tem pouco a não cansar / E faz o nosso povo caminhar em Paz.
3- Derrama a esperança sobre nós / Ensina o povo a não calar a voz./ Desperta
o coração de quem não acordou. / Ensina que a justiça é condição / De construir
um mundo mais irmão. / E faz o nosso povo conhecer Jesus.
4. ACOLHENDO A PALAVRA DE DEUS.
Canto de acolhida à Palavra.
Ler pausadamente Lucas 1, 39-45.
(Breve silêncio para que a Palavra nos toque o coração e a mente).
5. PARTILHA DA PALAVRA E DA REALIDADE.
Dirigente: Maria sai de casa, apressadamente, para visitar Isabel (Lc 1, 39). E
passaram um bom tempo juntas. Viveram uma intensa experiência de comunidade.
Na comunidade, nós também aprendemos e ensinamos. Doamos e recebemos.
Esta é uma das belezas do serviço, quando é realizado com liberdade, generosidade,
desprendimento e muito amor.
a- No “Olhando a realidade”, Helena também se coloca a serviço de mulheres
com diversas dificuldades. Comente a experiência de vida de Helena e a relação
com a experiência de Maria.
b- Estamos assumindo com fé e coragem nossa missão, de transformar a sociedade
do jeito que Deus quer?

6. GESTO CONCRETO.
Dirigente: Além do gesto concreto assumido pela comunidade Paroquial, pensar
em um gesto a partir da reflexão de hoje para o grupo.

7. A PALAVRA SE FAZ ORAÇÃO. (PRECES)
Dirigente: Invoquemos o Cristo Jesus, esperança e alegria dos pobres de todos
os tempos.
Todos: Vem, ó Senhor Jesus!
Dirigente: Senhor, vem fortalecer as mãos cansadas e os pés vacilantes. Enche
de tua esperança os corações abatidos.
Dirigente: Faze-nos corajosos em assumir nossa vocação de profetas, anunciando
e preparando os caminhos do teu Reino nesta terra.
Preces espontâneas... Pai Nosso... Ave Maria...

8. AVISOS/ COMEMORAÇÕES.

9. ORAÇÃO FINAL / BÊNÇÃO.
Dirigente: Como Maria, recebemos a boa notícia de Deus. Alegremo-nos. O caminho
não está pronto. É preciso renovar a opção a cada ciclo de vida. Que Maria
nos ajude a sermos discípulos e seguidores de Jesus. E pela Sua intercessão abençoe-
nos, ó Deus da vida, ó Deus de amor. O Deus da alegria, da Luz e da Esperança
permaneça conosco, agora e para sempre. Amém!
Dirigente: Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!
Todos: Para sempre seja louvado!
CANTO FINAL.
Fonte: CEBs diocese de São José dos Campos - SP

Nenhum comentário: