sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

8º dia da Novena de Natal 2015 - "Perceber os sinais de Deus"



PREPARANDO O AMBIENTE: Bíblia em lugar de destaque, flores, vela, símbolos
natalinos e figuras dos reis magos.

1. Oração inicial

CANTO DE ABERTURA.
https://www.youtube.com/watch?v=QvtHFecpdyk
- Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar! (bis)
Vem, não demores mais, vem nos libertar! (bis)
- Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo Espírito! (bis)
Glória a Trindade Santa, glória ao Deus Bendito! (bis)
- De pé, vigilantes, lâmpadas nas mãos! (bis)
Ele já está bem perto, nossa Salvação! (bis)
- Aleluia, irmãs, aleluia irmãos! (bis)
Nosso Senhor vem vindo, a Deus louvação! (bis)

Dirigente: Bendito seja Deus, que ilumina com a Luz de Jesus Cristo, seu Filho, nossa
vida, nossa casa, nossa comunidade, nosso bairro, nossa cidade e todas as realidades que
nos cercam. Recordemos estas realidades que desejamos abençoar neste momento de
oração e peçamos a graça de preparar um Natal com compromissos que tragam mais vida,
mais amor.

Dirigente: Rezemos o Ângelus com o coração agradecido à nossa Mãe Santíssima, que
ao dizer sim a Deus, ofereceu a toda humanidade a certeza do amor.
Dirigente: O Anjo anunciou a Maria.
Todos: E ela concebeu do Espírito Santo. Ave Maria...
Dirigente: Eis aqui a escrava do Senhor.
Todos: Faça-se em mim segundo a vossa Palavra. Ave Maria...
Dirigente: E o Verbo se fez carne.
Todos: E habitou entre nós. Ave Maria...
Dirigente: Ó Deus de bondade, olha o teu povo reunido nesta Novena de Natal. Dá-nos
a graça de acolher com muita alegria nosso Senhor Jesus Cristo que vem e, anunciar com
nossa vida o mistério de sua encarnação em nossa humanidade. Por Cristo, nosso Senhor.
Amém.

CANTO:
Nossa novena será abençoada, pois o Senhor vai derramar o seu amor.
Derrama, ó Senhor, derrama, ó Senhor.
Derrama sobre nós o teu amor.
Todos: Deus de amor e de ternura, Senhor da vida e da história, nós te louvamos e
bendizemos, porque nos amaste desde toda a eternidade e nos chamaste para fazer parte
do teu povo escolhido.

2. OLHANDO A REALIDADE.
Dirigente: Para perceber os sinais, é preciso estar atento a tudo que acontece
à nossa volta. Nas cidades em que habitamos, a nossa concentração se dispersa,
nosso olhar se perde por tantos fatores que se agregaram ao nosso cotidiano, que
é preciso retomar o controle. O nascimento de Jesus é esta grande oportunidade
de refletirmos sobre a mensagem que o Menino Deus nos traz!
Leitor(a) 1: Para nos ajudar na compreensão de observar os sinais, voltemos
no tempo: No relato dos pastores que ajudados por Deus por meio de uma estrela
que se destacava das demais, estes homens originários de uma tribo da região da
Meda, (povos de origem ariana, que migraram da Ásia para a Pérsia), com conhecimentos
de Astronomia e Astrologia, que a interpretaram como sinal inequívoco do
nascimento do Rei dos Judeus. Mas não se tratava de um rei qualquer. No antigo
oriente, a estrela anunciava o nascimento de um rei divinizado, por isso dizem a
Herodes: “viemos adorá-lo”.
Leitor(a) 2: Fica claro que eles são capazes de perceber os sinais. São homens
que estão em uma atitude de reflexão, atentos. Por estarem abertos, Deus falou às
suas mentes e corações e eles foram capazes de interpretar as profecias e os sinais
de sua época. Fizeram silêncio e por isso conseguiram notar os detalhes, interpretando
corretamente as profecias. Imaginemos como deve ter sido aquele encontro
dos reis magos com a Família de Nazaré. Qual não deve ter sido a alegria deles
ao perceberem que aquela estrela os guiou ao que os seus corações ansiavam?
Podemos imaginar essa estrela como um sinal da presença do Espírito Santo, que
sempre nos guia ao caminho correto.
Leitor(a) 3: No mundo de hoje, no qual tudo acontece com tanta rapidez, no
qual queremos fazer tantas coisas ao mesmo tempo, e há tanto barulho, como
precisamos dessa atitude dos reis! A atitude deles lembra uma frase presente de
alguma forma no Evangelho e que os últimos papas têm repetido: “Não tenham
medo, Cristo não tira nada, dá tudo”. Abandonemos nossas falsas seguranças e
“Perceber os sinais de Deus” nos coloquemos a caminho em busca da verdadeira felicidade. E se precisarmos fazer mudanças importantes, que nos tirarão da “zona de conforto”, não tenhamos
medo de fazer.

3. HINO: Estou Pensando em Deus - cantado ou rezado.
https://www.youtube.com/watch?v=xTVIRM-nbF4

1- Os homens fogem do amor, e depois que se esvaziam;
No vazio se angustiam, e duvidam de você;
Você chega perto deles, mesmo assim ninguém tem fé.
Estou pensando em Deus, estou pensando no amor.
2- Eu me angustio quando vejo, que depois de dois mil anos;
Entre tantos desenganos, poucos vivem sua fé;
Muitos falam de esperança, mas esquecem de você.
3- Tudo podia ser melhor, se meu povo procurasse;
Nos caminhos onde andasse, pensar mais no seu Senhor;
Mas você fica esquecido, e por isso falta o amor.
4- Tudo seria bem melhor, se o Natal não fosse um dia;
E se as mães fossem Maria, e se os pais fossem José;
E se os filhos parecessem, com Jesus de Nazaré.

4. ACOLHENDO A PALAVRA DE DEUS.
Canto de acolhida à Palavra.
Ler Pausadamente Lucas 2, 8-20.
(Breve silêncio para que a Palavra nos toque o coração e a mente).

5. PARTILHA DA PALAVRA E DA REALIDADE.
a- O que a Palavra nos diz?
b- Por que é tão difícil seguir os sinais que Deus coloca em nosso caminho?
c- Comentar o item “Olhando a Realidade”.

6. GESTO CONCRETO.
Dirigente: Participar das ações desenvolvidas por sua paróquia neste Natal.
- Programar uma ação em seu grupo, para visitar famílias, doentes, detentos,
casas de acolhida de crianças, adolescentes, idosos etc.

7. A PALAVRA SE FAZ ORAÇÃO. (PRECES)
Dirigente: Assim como os pastores que seguiram a estrela que os conduziu até
o Deus Menino, também nós precisamos estar atentos aos sinais e nos colocarmos
a caminho para reconhecer a presença de Jesus nas pessoas, especialmente nas
que mais precisam do nosso amor e da nossa ajuda. Descobrirmos onde está o
nosso presépio e nele, nossos irmãos e irmãs, com a certeza que Cristo ali se faz
presente, esperando a nossa visita. Rezemos.
Todos: Queremos, com Cristo, nesta Novena, nos encontrar!
Dirigente: Senhor, abençoai nossas famílias para que possam ser sinais do vosso
amor na comunidade em que vivemos. Rezemos.
Dirigente: Senhor, despertai em nós o verdadeiro sentido do Natal, para não
nos deixarmos levar pelo consumismo que nos afasta da caridade. Rezemos.
Dirigente: Senhor, aumentai em nós a fé para sermos perseverantes no caminho
que conduz ao Reino da fraternidade e da justiça. Rezemos.
Preces espontâneas... Pai Nosso... Ave Maria...

8. AVISOS / COMEMORAÇÕES.
- Preparar as músicas para o último dia da novena.
- Convidar todos para o encerramento, avisar sobre o local, horário e se vai
haver confraternização.

9. ORAÇÃO FINAL/BÊNÇÂO.
Dirigente: Ó Deus de bondade, olha teu povo reunido nesta novena de Natal.
Dá-nos a graça de acolher, com muita alegria, nosso Senhor Jesus Cristo que vem
e anunciar com nossa vida o mistério da sua encarnação em nossa humanidade.
Dirigente: Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo!
Todos: Para sempre seja louvado!
CANTO FINAL

Nenhum comentário: