sábado, 5 de dezembro de 2015

9º dia da Novena de Natal 2015 - " Natal de Jesus, Esperança para a humanidade"


PREPARANDO O AMBIENTE: Celebramos o nascimento de Jesus. O local será
escolhido de acordo com a realidade local: em uma das casas, no setor, na capela
da comunidade, na Igreja Matriz, em uma quadra etc. Sendo possível, após o encontro,
realizar um momento de confraternização.
O local deve ser bem preparado de modo que fique bem festivo, com velas, flo"res,
a Bíblia em lugar de destaque. Cada grupo trazer a vela ou o símbolo escolhido
para a novena. Escolher os cantos para que fique bonita a celebração.

1. ACOLHIDA E ORAÇÃO INICIAL.
Dirigente: Irmãos e Irmãs, sejam bem-vindos a esta celebração! Vamos colocar
os símbolos que trouxemos. Natal é a Festa da Luz. Com o nascimento de Jesus
uma nova Luz brilha para a humanidade. Coloquemos as velas perto do presépio.
Cantemos para iniciar.
Leitor(a) 1: O nosso coração se alegra, pois concluímos nossa caminhada em
preparação a mais um Natal. Bendito seja Deus, que com a Luz de Cristo ilumina
nossa vida, nossas famílias e tudo que nos cerca. Vamos cantar e celebrar com
entusiasmo, pois hoje e sempre, Jesus está no meio de nós.
Todos: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém!
Leitor(a) 2: Natal é o mistério de Deus que se faz humano e da humanidade
elevada à comunhão com Deus. Festa da fidelidade e da ternura de Deus conosco.
O verbo, a Palavra eterna, a Sabedoria, a mais fiel comunicação do Pai, o Filho amado
se faz pequenina e frágil criança, filho de um casal de pobres, provindo de um
recanto não importante do mundo, para realizar o direito e a justiça.
Leitor(a) 3: Recordando o nascimento de Jesus em Belém, pobre entre os pobres,
junto com Maria e José, com os pastores de ontem e de hoje, acolhemos o
anúncio dos anjos e a proclamação da paz a todos os “Filhos e Filhas amados de
Deus”. Saber olhar e identificar a estrela que conduz ao Menino, ao projeto de justiça,
fraternidade e paz que nos faz capazes de mudar de rumo: decididos nos abrir
ao novo projeto, que brilha com a estrela da esperança, mudando os caminhos de
nosso país, privilegiando a vida, a pessoa humana.
Leitor(a) 4: Acolhemos do Menino Deus um forte apelo para o cultivo de relações
novas e duradoras. Valorização de tudo o que é humano, simples e pequeno,
gestos gratuitos de solidariedade e benevolência entre nós e com toda a natureza.
“Natal de Jesus,
Esperança para a humanidade”

2. MOMENTO DE PERDÃO.
Dirigente: O mistério do Natal nos convida a uma verdadeira e total reconciliação
com nossa realidade humana, pessoal e social: sermos pessoas profundamente
humanas, abertas a relações fraternas, sensíveis aos dramas da humanidade e
solidárias com a causa dos pobres, “os pastores” de hoje a quem a boa notícia da
libertação deve ser anunciada e concretizada. (momento de silêncio)
Canto penitencial

3. MOMENTO DE LOUVOR.
Dirigente: Para nós cristãos, relembrar o nascimento de Jesus significa muito
mais do que presente e festa, é um olhar para dentro de nosso coração para agradecer
por todas as bênçãos que, diariamente, recebemos em nossas vidas. Com
alegria cantemos, glorificando a Deus
.
4. ACOLHENDO A PALAVRA DE DEUS.
Dirigente: Hoje é dia de boa notícia! Deus fiel é solidário com a humanidade e
a humanidade pode tomar novo rumo. A Glória de Deus é que a humanidade toda
viva, é ação concreta repercutindo na terra, trazendo a paz para todos.
Canto para aclamar a palavra de Deus.
Ler pausadamente: Lucas 2, 1-7.
Sugestão: Encenar o nascimento de Jesus.

5. MOMENTO DE PARTILHA.
- Breve reflexão feita por um convidado ou alguém da comunidade.
- Preparar uma mensagem de Natal.

6. GESTO CONCRETO.
Dirigente: Sugerimos a todos os presentes, como gesto concreto, participarem
dos encontros de reflexão que realizaremos em 2016, nas casas das comunidades,
Palavra de Deus na vida do povo. É muito importante participar desses momentos
de oração, partilha da Palavra de Deus, da vida e de compromisso com o projeto
de Jesus, para ficarmos mais unidos e realizarmos o projeto de transformação para
um mundo melhor.
- Todos são convidados a participar dos encontros referentes à Mensagem das
CEBs.

7. MOMENTO DE ORAÇÃO.
Dirigente: No Natal celebramos a humanidade do nosso Deus. Lembrando o
nascimento de Jesus em Belém, adoramos o Verbo que se fez carne e habitou
entre nós. Peçamos ao Senhor a graça de sermos cada vez mais humanos, como
Jesus Cristo.
Todos: Glória a Deus no mais alto dos céus!
Dirigente: Senhor, concedei-nos a sabedoria para compreendermos o verdadeiro
sentido do Natal, Rezemos.
Dirigente: Por nossas comunidades, para que se empenhem na prática do bem,
no acolhimento fraterno e nas obras de misericórdia, Rezemos.
Dirigente: Para que sejamos fiéis ao ensinamento de Jesus e nos tornemos luz
no mundo, Rezemos.
Dirigente: Para que a humanidade viva a justiça, a fraternidade e a partilha e
não haja pessoas sofrendo a violência de não ter o necessário para uma vida digna,
Rezemos.
Preces espontâneas... Pai Nosso... Ave Maria...

8. ORAÇÃO.
Todos: Ó Deus que reacendes em nós a cada ano a alegria da espera da salvação,
ajuda-nos a acolher, como Maria, este dom da vossa imensa misericórdia
para conosco e assim sejamos, no mundo, instrumentos de vida e de paz para
todos. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.
Amém!
9. BÊNÇÃO DAS CRIANÇAS.
Dirigente: (convidar as crianças presentes para ficarem perto do presépio)
Erguendo as mãos sobre as crianças, cantemos:
Nossas crianças serão abençoadas porque o Senhor vai derramar o seu amor.
Derrama, Senhor, derrama, Senhor! Derrama sobre elas vosso amor!
Todos: Senhor Jesus Cristo, abençoai estas crianças e guardai-as sempre sob
a vossa proteção, a fim de que cresçam em sabedoria, paz e harmonia, sejam
fervorosos na fé e no amor e perseverem, corajosamente, na esperança do Reino
que vive para sempre. Amém!

10. BÊNÇÃO DA CEIA. (Se houver confraternização)
Todos se reúnem ao redor da mesa e alguém, em nome de todos, faz a oração
de bênção.
Dirigente: Bendito sejas Tu, Senhor, Deus da vida, que de forma admirável quiseste
assumir nossa condição humana, tornando-nos filhos da luz.
Todos: Glória a Deus no mais alto dos céus!
Leitor(a) 2: Ó Deus de infinita bondade, que tornas cada vez mais firme a união
dos teus filhos e filhas ao partir o pão, abençoa a nós e a estes dons que vamos repartir;
concede-nos que ao sentar-nos com alegria a esta mesa comum, saibamos
sempre alimentar a nossa vida fraterna e partilhar o pão com os famintos. Amém!

11- BÊNÇÃO E CANTO FINAL.
Dirigente: O Deus da esperança, da alegria e da paz permaneça com todos nós,
agora e para sempre. Amém!
Dirigente: Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo!
Todos: Para sempre seja louvado!
Dirigente: Feliz e Santo Natal a todos!

Nenhum comentário: